O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Chris Lattner

Renomado engenheiro Chris Lattner, ex-Apple e Tesla, agora é do Google

Deve ser curiosa a vida dos mais celebrados engenheiros do Vale do Silício, entrando e saindo de algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo como quem troca de roupa. Que o diga Chris Lattner: o profissional, considerado uma lenda dentro da Apple e um dos principais responsáveis pela criação da linguagem Swift, saiu repentinamente de Cupertino em direção à Tesla em janeiro deste ano. Meros seis meses depois, entretanto, Lattner pegou o mundo de surpresa ao anunciar que estava deixando a gigante de Elon Musk — sem revelar o motivo para tal reviravolta.

Publicidade

Agora, bom, ao menos já sabemos qual o destino do engenheiro — e, perdoem-me dizer que não há nenhuma novidade no que eu direi a seguir. Sim, obviamente Lattner está indo para o Google.

Estou muito animado em me juntar ao Google Brain na próxima semana: a inteligência artificial não pode se democratizar sozinha (ainda?) então eu vou ajudar a torná-la mais acessível a todo mundo!

Como o próprio tweet já deixa claro, o engenheiro mudará-se para Mountain View com o único e claro objetivo de participar do Google Brain, o projeto de pesquisa de aprendizagem profunda (deep learning) da gigante das buscas. Mais precisamente, como informou a Bloomberg, Lattner se dedicará a desenvolver uma nova linguagem de software batizada de TensorFlow, que tem a finalidade de simplificar os passos para programação de sistemas de inteligência artificial.

Oh, well. Esperamos que Lattner seja feliz — e produtivo — na sua nova empreitada. Afinal, não importa onde ele esteja: todos nós ganhamos com o seu talento sendo posto em prática.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Nintendo Switch rodando num iMac

Sim, é possível conectar um Nintendo Switch a um iMac — se você estiver disposto a gastar R$580

Próximo Artigo
Usando o Google em um iPhone

Só em 2017, Google pagará supostos US$3 bilhões à Apple para manter-se como buscador padrão do iOS

Posts Relacionados