O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Só em 2017, Google pagará supostos US$3 bilhões à Apple para manter-se como buscador padrão do iOS

Usando o Google em um iPhone

Muitas vezes nós temos a conveniente tendência a esquecer dessa informação, mas as dinâmicas do mundo tecnológico-empresarial são tão intrinsecamente ligadas ao poder do dinheiro que até mesmo os mínimos detalhes de cada aspecto da nossa vida digital são regidos pelas cifras. Até mesmo coisas extremamente banais envolvem milhões ou mesmo bilhões de dólares — como a ferramenta de busca padrão do seu iGadget.

Publicidade

Quanto a isso, todo mundo sabe que o Google é o buscador padrão do iOS desde que o samba é samba, mas o que pouca gente poderia imaginar é a nota que ele dá de bom grado à Apple todos os anos para que este status quo se mantenha. A firma de investimentos Bernstein tem um palpite em relação a este número: de acordo com os economistas, em nota enviada aos seus clientes, a gigante de Mountain View pagará nada menos que US$3 bilhões a Cupertino para que a sua ferramenta de busca continue sendo a escolhida por Tim Cook e sua turma.

E, vejam bem, este número se refere somente a 2017 — e tem crescido a cada ano: de acordo com a Bernstein, com base em documentos legais de ambas as empresas, em 2014 a quantia paga pelo Google foi de US$1 bilhão; ou seja, a bolada tem potencial para subir mais e mais a cada ano.

Usando o Google em um iPhone

O que nós temos aqui, no fim das contas, é uma relação de completa codependência: o dinheiro pago pelo Google representará, em 2017, quase 5% de todo o lucro obtido pelo setor de serviços da Apple. Já do lado da gigante das buscas, 50% dos lucros obtidos pelas buscas em dispositivos móveis vêm do iOS, ou seja, esta é uma posição que eles não podem arriscar perder.

Publicidade

Claro que, de um ponto de vista prático, o Google tem a dianteira aqui, já que ele possui o sistema de buscas mais popular do mundo com larga vantagem — em outras palavras, a empresa poderia simplesmente escolher deixar de pagar a dinheirama anual à Apple e confiar que os executivos da Maçã continuariam empregando o seu sistema como padrão somente pela sua popularidade. Mas eu suspeito que o Google prefira continuar gastando esse dinheiro a arriscar ver uma “vingança” por parte da Apple e pôr em risco boa parte dos seus lucros.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Chris Lattner

Renomado engenheiro Chris Lattner, ex-Apple e Tesla, agora é do Google

Próximo Artigo
Apple Watch

Novo Apple Watch teria opções com e sem conectividade celular, mas não traria grandes mudanças no design

Posts Relacionados