O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhone com a tela quebrada

Documento vazado da Apple define práticas para estabelecer quando um dispositivo danificado é elegível a reparos na garantia

Se o sistema de reparos a dispositivos cobertos pela garantia da Apple parece um absoluto mistério com resultados aleatórios em diferentes ocasiões, talvez este documento obtido pelo Business Insider nos ajude a ter uma ideia um pouco melhor da lógica por trás das decisões dos especialistas da Maçã.

Publicidade

O documento de 22 páginas, que aparentemente vazou no Dropbox e foi capturado pela publicação antes que fosse definitivamente apagado, é datado de 3 de março deste ano e refere-se especificamente aos iPhones 6/6 Plus, 6s/6s Plus e 7/7 Plus. Ele aponta casos específicos de malfunção ou defeito estético e aponta como os profissionais das lojas ou Centros de Serviço Autorizados Apple devem agir em termos de cobertura da garantia.

Guia de reparos para Genius da Apple

Na página acima, o documento afirma que detritos embaixo do vidro frontal, bem como câmeras FaceTime desalinhadas, são elegíveis para reparo gratuito dentro da garantia ainda que exista dano acidental. Se o dispositivo em questão apresentar uma rachadura consistente de apenas um “fio”, sem ponto de impacto aparente — significando que o vidro quebrou por expansão ou algum outro defeito não causado pelo usuário —, ele também é elegível a reparo dentro da garantia.

Publicidade

Danos acidentais, elegíveis a reparos pagos, incluem dano por líquido confirmado pelo usuário, telas estilhaçadas ou com rachaduras causadas por ponto de impacto, malfunções nas saídas Lightning ou de áudio, dispositivos tortos ou com o painel frontal separado do chassi e botões não-funcionais devido a quedas. Já aparelhos que apresentam características diferentes daquelas do código de configuração (por exemplo, um iPhone dourado com código que indica um iPhone prateado), dispositivos com peças faltando, baterias não-originais ou dotados de dano catastrófico (isto é, totalmente destruídos) não são elegíveis a reparos de forma nenhuma.

Guia de reparos para Genius da Apple

Outra parte do documento determina qual deve ser o procedimento dos empregados caso eles suspeitem que um dispositivo tem dano causado por líquido e o dono do aparelho negue o caso. De acordo com o guia, se o aparelho não apresentar sinais externos de corrosão ou infiltração, é necessário abri-lo e analisar os indicadores de dano por líquido (LCI); se algum deles indicar o contato com água ou se o dispositivo apresentar corrosão interna, o reparo dentro da garantia deve ser negado; caso contrário, o empregado deve proceder com o serviço dentro da garantia.

Guia de reparos para Genius da Apple

Um segmento importante — e polêmico — lida com danos cosméticos, como riscos, pintura descascada ou amassados: a Apple mantém sua posição de não considerar este tipo de malfunção digna de reparos dentro da garantia; o guia deixa bem claro que, se os danos não afetarem o funcionamento do aparelho, reparos ou substituições não podem ser realizados.

Publicidade

De acordo com um Genius consultado pelo Business Insider, este é um documento consultado apenas em casos mais raros ou difíceis de definir; no geral, os procedimentos já são internalizados pelos empregados. Segundo o funcionário, em alguns casos a Apple orienta que, caso não haja indicação clara de dano causado pelo usuário, o dispositivo deve ser trocado no ato — o que mostra que o guia não é um conjunto de regras definitivas, mas simplesmente uma definição das linhas gerais de procedimento.

Publicidade

Portanto, da próxima vez que você for a uma loja da Apple e lhe for negado serviço na garantia, peça que o Genius dê uma checada no livrinho de procedimentos — ou não. Muito provavelmente ele não vai saber do que você está falando. ¯\_(ツ)_/¯

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Fórum MacMagazine

Tópicos do MM Fórum: formatando MacBook roubado, Fusion Drive, alternativa gratuita ao Photoshop e mais!

Próximo Artigo
Casal com iPhone

Os 5 artigos mais lidos no MacMagazine: de 27 de agosto a 3 de setembro

Posts Relacionados