O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Qualcomm

Qualcomm perde duas batalhas importantes na disputa judicial contra a Apple e a novela pode estar chegando ao fim

Eu vou ser sincero e admitir que, após o turbilhão das últimas semanas, tinha esquecido-me ligeiramente da emocionante novela que Apple e Qualcomm protagonizam nos tribunais.

Publicidade

Não sei se vocês sentem a mesma coisa, mas, de qualquer forma, aí vai um lembrete dos mais relevantes capítulos dessa alucinante história, em ordem cronológica (do mais antigo ao mais recente):

Recuperou o fôlego? Pois vamos para o próximo capítulo: a Qualcomm acabou de sofrer mais duas derrotas deveras doídas no imbróglio — o que, considerando os acontecimentos recentes, não é boa notícia para a gigante dos microchips. Isto é, de uns tempos para cá, todas as decisões da justiça têm sido desfavoráveis a ela.

A primeira das decisões ditou que a Qualcomm não pode impedir a Apple de mover processos contra a parceira/adversária(?) em outros países como fez nos Estados Unidos. Já a segunda tem a ver com a intenção da empresa de obrigar as parceiras da Apple, como a Foxconn e a Pegatron, a pagarem os royalties de licenciamento das suas tecnologias — royalties esses que a Maçã deixou de pagar já há algum tempo. A justiça determinou que o pedido é improcedente e, portanto, a gigante dos chips não receberá um centavo sequer das vendas de iPhones enquanto a questão não for resolvida.

Publicidade

Com isso, é possível que estejamos chegando ao final dessa montanha-russa de emoções: a Qualcomm, afinal, está efetivamente perdendo dinheiro a cada iPhone vendido e certamente se mexerá para acertar suas diferenças com a Maçã (e com todo o resto do mundo da tecnologia, aliás) o mais rápido possível para estancar a ferida.

Nessa tônica, é bom notar que o presidente do departamento de licenças da empresa, Derek Aberle, anunciou que deixará a empresa no fim do ano — ou seja, certamente indicando uma mudança no modus operandi das coisas por lá e uma outra perspectiva no horizonte.

Vejamos o que será dessa história nos próximos meses…

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Comercial da nova App Store do iOS 11

Apple publica quatro comerciais para a nova App Store, destacando a recém-lançada seção "Hoje" [atualizado]

Próximo Artigo
Apple TV 4K num ambiente escuro com a televisão na frente

Nova Apple TV suportará Dolby Atmos em breve, mas nada de YouTube em 4K por enquanto

Posts Relacionados