O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Responsáveis pelo app Confide criam recurso para impedir screenshots no iOS — e vão disponibilizá-lo para quem quiser

App Confide para iOS com proteção contra screenshots

O tempo voa, mas hoje completam-se exatamente quatro anos do dia em que falamos aqui do aplicativo Confide, na época do seu lançamento. Para quem não conhece, ele é um mensageiro instantâneo focado em privacidade e efemeridade — ou seja, toda a comunicação é criptografada e as mensagens são destruídas após a leitura.

Publicidade

Nos últimos quatro anos, o Confide utilizou um método engenhoso para impedir as capturas de tela que eternizassem as mensagens: a leitura dos textos era possível apenas deslizando o dedo sobre o conteúdo, dificultando o processo de pressionar dois botões ao mesmo tempo para tirar a screenshot. Ainda assim, caso isso fosse feito, o remetente da mensagem recebia uma notificação avisando que o destinatário tinha feito uma captura da tela.

Agora, na mais recente atualização do app, o método para prevenção de capturas está tornando-se muito mais robusto e, pensando bem, até mesmo inédito no iOS — tanto é que os seus criadores já estão criando um SDK1 para que outros desenvolvedores apliquem a tecnologia nos seus aplicativos. A tecnologia tem até nome: ScreenShield.

Publicidade

Basicamente, a partir de agora, ao capturar a tela de uma mensagem no Confide, o que você obterá é uma tela em branco, apenas com a barra de status do iPhone visível no topo; ao perceber que a captura está para ser feita, o aplicativo imediatamente “embranquece” toda a tela, tornando o conteúdo impossível de ser gravado. De qualquer forma, o remetente da mensagem continuará recebendo uma notificação informando que o destinatário tentou capturar a mensagem enviada e a mensagem em questão é imediatamente apagada.

E o ScreenShield vai além: ele impede que o conteúdo da tela seja capturado por screenshots, pelo recurso de gravação de tela do iOS 11, pelo QuickTime e pelo Xcode (caso o dispositivo esteja conectado a um computador), além de bloquear o espelhamento via AirPlay. Parece mágica, não é verdade?

Ainda não está claro exatamente qual o truque utilizado aqui para garantir o funcionamento do recurso, mas John Gruber, do Daring Fireball, compartilha o palpite de um amigo que mexeu no código do app: é possível que eles estejam utilizando uma variação do protocolo FairPlay Streaming — que permite que aplicativos de streaming, como o Netflix ou o HBO GO, impeçam usuários de capturar imagens dos seus conteúdos altamente protegidos por direitos autorais e de imagem.

O fato é que os criadores do Confide já abriram um canal para que desenvolvedores interessados no ScreenShieldKit (o SDK que permitirá que outros apps incorporem o recurso) entrem em contato. Ou seja, em breve veremos mais aplicativos com o mesmo comportamento — o que pode ser ótimo para ambientes onde são compartilhadas informações confidenciais ou imagens… digamos, sensíveis.

Quer mais? Os desenvolvedores da tecnologia já estão tentando registrar uma patente para que os aplicativos detectem câmeras tentando fotografar o conteúdo das suas telas, o que seria a fronteira final para tornar tais apps totalmente à prova de gravação. Mas essa, claro, é uma ideia que ainda teremos de esperar para ver se vinga.


Ícone do app Confide – Mensagens privadas
Confide – Mensagens privadas de Confide, Inc.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessage
Versão 9.13.1 (64.4 MB)
Requer o iOS 12.2 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

App Store está prestes a se tornar maior do que toda a indústria cinematográfica — economicamente falando

Próximo Artigo
Waze rodando no SYNC 3 (Ford)

Em breve, aplicativo Waze estará disponível para donos de carros Ford equipados com o SYNC 3

Posts Relacionados