O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhone X

iPhone X abocanhou, sozinho, 35% dos lucros da indústria de dispositivos móveis no fim de 2017

Em fevereiro passado, nós informamos que o iPhone X foi o campeão de vendas do último trimestre fiscal da Apple, colaborando para que a empresa atingisse uma nova marca (gigante) nas receitas. De acordo com uma pesquisa realizada pela Counterpoint, nesse período a Apple capturou, sozinha, 86%(!) dos lucros da indústria de smartphones.

Publicidade

Com números tão surpreendentes — e com o iPhone sendo o campeão de vendas da Maçã no período —, qual seria a representatividade do iPhone X nessa conta? Sozinho, o flagship da Apple abocanhou 35% do lucro! De acordo com o analista de pesquisa da Counterpoint, Karen Chauhan ,”o lucro da indústria mundial de dispositivos móveis caiu 1% no quarto trimestre fiscal de 2017, mas a Apple cresceu 1% no mesmo período, mesmo com o iPhone X sendo vendido por apenas dois meses no ultimo trimestre de 2017″.

Comparativamente, o iPhone X gerou 5x mais lucro do que mais de 600 dispositivos que rodam o sistema Android combinados(!) durante o mesmo período. Ainda de acordo com Chauhan, a parcela ocupada pelos produtos da Maçã (principalmente o iPhone X) tende a aumentar de acordo com que avançamos em 2018.

Ademais, o analista apontou que a escolha da gigante de Cupertino em manter modelos mais baratos de iPhones à venda possibilitou que a Apple também participasse no ranking dos dez melhores smartphones com oito deles, incluindo modelos que completam três anos de vida, gerando ainda mais lucro quando comparados a outras fabricantes de smartphones.

Publicidade

A pesquisa da Counterpoint mostra que a Apple dividiu o ranking (convenhamos, dominou) apenas com a Samsung, que figurou com os aparelhos Galaxy Note 8 e S8 Plus, conforme ilustrado abaixo:

Lucro por aparelhos vendido - Q4 2017

Ambos os modelos topos-de-linha da Apple e da Samsung lideram as vendas quando comparados a outras fabricantes. No entanto, vale a pena acompanhar o crescimento das chinesas — entre elas a Huawei, responsável por obter lucros na casa dos 59% ao ano e que lançou a sua nova linha de smartphone Y6 neste mês.

Em 1º de maio, a Apple divulgará os resultados financeiros do segundo trimestre fiscal de 2018. Veremos como se saíram as vendas de iPhones e, principalmente, o desempenho do iPhone X1 nesses últimos meses.

via Patently Apple

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Revistas da Texture num iPhone

Apple News deverá ganhar serviço de assinatura de revistas digitais até o ano que vem

Próximo Artigo
GrayKey da Grayshift

iPhone protegido com senha de quatro dígitos pode ser desbloqueado em 6 minutos por dispositivos como a GrayKey

Posts Relacionados