O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple avisa que vai retirar aplicativos que utilizem o framework CallKit da App Store chinesa

Tim Cook em evento da Apple com a bandeira da China ao fundo

O zelo admirável da Apple de se adequar às leis de cada país onde trabalha tem gerado algum falatório quando se trata da China, onde há uma regulamentação bastante severa por parte do governo em relação ao acesso à internet; por isso, a Maçã passa até por cúmplice por “apoiar” o regime autoritário do país.

Publicidade

Sendo isso verdade ou não, a empresa continua com seus esforços de satisfazer as leis do país e permanecer no maior mercado de smartphones no mundo. Depois de ter retirado aplicativos de VPN da App Store chinesa, agora a Apple também retirará da loja os apps que utilizam o framework CallKit.

Tim Cook em evento da Apple com a bandeira da China ao fundo

Lançado junto do iOS 10, o CallKit é um framework que permite aos desenvolvedores adicionarem a interface de chamadas da Apple nos seus próprios aplicativos; o framework auxilia na interface, porém a parte estrutural (back-end) precisa ser feita pelos próprios serviços de VoIP do desenvolvedor.

Publicidade

O problema é que o Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação (Chinese Ministry of Industry and Information Technology, órgão que desempenha o papel da nossa Anatel por lá) reprova as funcionalidades de VoIP do CallKit — não ele especificamente, mas serviços do tipo. Por esse motivo, a Apple já começou a noticiar desenvolvedores que utilizam a integração com o CallKit na China, afirmando que ou eles retiram a integração com o framework do aplicativo, ou o app será removido completamente da App Store chinesa.

Ao que parece, essa medida já era esperada, tanto que o popular app de mensagens WeChat, que tinha a integração com o CallKit, já se encarregou de retirá-la nas últimas atualizações.

O governo chinês realmente leva bastante a sério as questões de regulamentação do acesso à internet e, possivelmente, a Apple está sendo pressionada para que todos os seus serviços estejam de acordo com as leis locais. Portanto, esse tipo de medida só deve aumentar cada vez mais.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Patreon

Obrigado 217 vezes, patrões do MacMagazine!

Próximo Artigo
"Searching", filme que se passa todo em produtos da Apple

Filme baseado completamente em dispositivos da Apple estreará em agosto

Posts Relacionados