O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Razer Core X

Razer lança Core X, novo gabinete para eGPUs compatível com Macs

A Razer anunciou o lançamento do seu novo gabinete para eGPUs (isto é, GPUs externas) que compõe a linha Core, o Core X. Com o novo produto, a empresa introduziu outra novidade para seus usuários: compatibilidade com a entrada Thunderbolt 3/USB-C dos MacBooks Pro e iMacs [Pro] — tanto no Core X quanto no “antigo” gabinete, o Core V2.

Publicidade

A novidade faz parte do projeto anunciado na última conferência da companhia com objetivo de integrar seus produtos aos dispositivos da Apple.

O novo gabinete equipa computadores que executam tarefas intensas que vão desde edição até jogabilidade, expandindo a potência original da máquina. Além da compatibilidade com Macs — que devem estar rodando minimamente o macOS High Sierra 10.13.4 —, o hardware externo continua adaptado ao Windows 10.

Publicidade

A cabo Thunderbolt 3 com conector USB-C permite a troca de dados e energia entre a eGPU e o computador. O Core X conta com suporte a diversas placas gráficas — no entanto, para usuários de Macs, apenas placas da linha AMD Radeon e AMD Vega Frontier Edition Air são compatíveis.

Usuários do Windows possuem compatibilidade tanto com placas AMD Radeon quanto NVIDIA GeForce e Quadro. A lista completa das GPUs suportadas está disponível nas especificações técnicas do Core X.

Razer Core X

O Core X foi projetado para suportar placas gráficas de até 3 slots e a sua saída de energia de 100W permite carregar até mesmo um MacBook Pro de 15 polegadas. Em comparação com o gabinete Core V2, lançado em outubro passado, o Core X não conta com iluminação Chroma, e não possui conectividade USB-A e Ethernet.

Publicidade

Talvez a falta de alguns recursos sejam compensadas pelo valor — o Core X está à venda a partir de hoje, nos EUA, por US$300 (contra US$500 do Core V2). Além do mercado americano, o produto já está disponível também na Alemanha, no Canadá, na China, na França e no Reino Unido — ainda não há informações sobre se/quando o gabinete chegará ao Brasil, bem como do valor que seria praticado por aqui.

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Spark 2.0

Spark 2.0 quer revolucionar os emails com novo ambiente colaborativo

Próximo Artigo
Gemini Photos para iOS

Libere espaço no seu iPhone apagando fotos descartáveis com este app

Posts Relacionados