O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Novo app usa dados do Modo Retrato para fazer jogos de iluminação

App Apollo para iOS

O sistema duplo de câmeras implementado nos iPhones 7 Plus, 8 Plus e X permite que os aparelhos registrem fotos a partir do Modo Retrato (Portrait Mode), um recurso adicional que cria um efeito de profundidade de campo a partir do uso dessas câmeras.

Publicidade

Ainda que os novos iPhones contem com mais opções de cenário no Modo Retrato (Luz de Estúdio, Luz de Contorno, Luz de Palco e Palco Mono), não é possível realizar ajustes específicos de luz e cor. É exatamente aí que entra o aplicativo Apollo, permitindo ao usuário editar os retratos capturados a partir do sistema duplo de câmeras do iPhone.


Ícone do app Apollo: Iluminação imersiva
Apollo: Iluminação imersiva de Indice Ltd
Compatível com iPhones
Versão 2.3.4 (21.6 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior
R$ 16,90Badge - Baixar na App Store Código QR Código QR
Screenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersivaScreenshot do app Apollo: Iluminação imersiva

O app não é o primeiro ou o único que possibilita a edição de fotos captadas pelo Modo Retrato. Outros programas, como RAW Power e o Focos, utilizam o mapa de profundidade dos iPhones para ajustar cor e foco das imagens. O Apollo se destaca por possibilitar a edição super-realística o efeito da distância da luz, cor, intensidade, etc., tudo a partir da forma como o app faz uso das informações de profundidade.

Publicidade

Na página de divulgação do aplicativo, a empresa Indice contou como foi desenvolver o Apollo e a missão do aplicativo.

Apollo é o primeiro aplicativo que usa o mapa de profundidade de imagens do Modo Retrato para adicionar fontes de luz realisticamente a uma cena. O desenvolvimento do app começou como um experimento, em novembro de 2017, quando colocamos as mãos em um novo iPhone 8 Plus. Nós queríamos saber o que poderia ser alcançado ao utilizar os dados e as informações das imagens tiradas a partir do Modo Retrato. Nossa hipótese era simples: se as informações de profundidade podem ser sobrepostas em uma imagem 2D, é possível iluminar novamente objetos com fontes de luz personalizadas.

Algumas funções do aplicativo que permitem expandir as funcionalidades originais do sistema duplo de câmeras dos iPhones são: alterar a cor, intensidade, distância do ponto de luz e iluminação da cena. O software faz uso de um algoritmo de processamento de placa gráfica, que o possibilita iluminar uma cena de retrato em tempo real.

Além disso, é possível adicionar até 20 fontes de luz a imagens, viabilizando calibrar cada uma dessas de acordo com a posição em 3D, a distribuição da luz e a cor. O usuário pode até mesmo posicionar uma fonte de luz atrás de um objeto em sua fotografia para produzir sombras e enfatizar silhuetas.

O aplicativo Apollo está disponível na App Store por R$6,90 — sem compras internas. É importante ressaltar que apenas iPhones compatíveis com o Modo Retrato conseguem utilizar as funções do programa.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Conceito de Matt Birchler para as notificações do iOS 12

Conceito para o iOS 12 imagina, mais uma vez, como seria o agrupamento de notificações

Próximo Artigo
Logo do Vevo

Vevo anuncia foco no YouTube e vai matar seus apps mobile

Posts Relacionados