Conceito mostra como o 3D Touch poderia ser mais bem representado no iOS

O 3D Touch é um recurso que foi introduzido com os iPhones 6s/6s Plus e que complementa os gestos já existentes no iOS. Através da tecnologia Force Touch — que existe desde a primeira geração do Apple Watch —, quando o usuário aplica diferentes níveis de pressão na tela, isso pode ativar o 3D Touch e expandir menus, mensagens, emails, etc.

Publicidade

Ainda que o recurso tenha sido implementado há quatro anos, muitos usuários não conhecem e vários outros talvez não saibam como usar o 3D Touch. De fato, o recurso está lá, mas nada indica quando ele pode ser utilizado e quais apps especificamente são suportados pela tecnologia.

Da forma como ocorre na versão atual do iOS, o usuário deve tentar pressionar com mais força em um app, por exemplo, para saber se o 3D Touch pode ser utilizado com aquele software. Além disso, o cérebro de cada um fica com o trabalho de memorizar quais apps e funções do sistema — como a Central de Controle — podem ser expandidos/visualizados com o recurso.

Pensando nessa questão, a designer de interface e engenheira Eliz Kilic desenvolveu um conceito que mostra como o 3D Touch poderia ser mais bem representado no iOS. Dessa forma, os usuários contariam com uma informação visual que indicasse quais apps, funções e conteúdos suportariam essa tecnologia.

Publicidade

A solução proposta por Kilic é intuitiva e, na minha opinião, combina com o estilo do iOS no geral. De acordo com a engenheira, da mesma forma como foi feito com os links na web, a Apple poderia implementar um recurso visual que distinguisse o que é suportado pelo 3D Touch e o que não é.

Batizado por Kilic de Decoradores de Força (Force Decorators), esse indicador visual constitui-se de uma linha curvada que poderia aparecer na parte inferior direita de tudo que suporta o 3D Touch no iOS. A solução é bem simples e elegante; a única dificuldade seria fazer com que os usuários entendessem o que o símbolo significaria, em primeiro lugar.

Não obstante, é uma ideia que, se aplicada, possibilitaria que inúmeros usuários trabalhassem com mais agilidade nos seus dispositivos e descobrissem funções mais facilmente. Logo, vamos torcer para que algum engenheiro/designer de interface da Apple dê atenção a esse conceito.

via Daring Fireball

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…