O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple leva dois Grand Prix no festival de publicidade Cannes Lions

Estreia do programa "Today at Apple"

A Apple pode não ser mais a referência intocável em publicidade no mundo do jeito que era na época do “Think Different” e das memoráveis campanhas para o iMac, mas continua se destacando no quesito.

Publicidade

Depois de ganhar um prêmio da AICP na semana passada, a Maçã levou para Cupertino hoje mais duas distinções no maior festival de publicidade e criatividade do mundo — o Cannes Lions, realizado na França.

Na categoria “Música”, a Maçã levou o Grand Prix (que corresponde ao prêmio máximo) pelo comercial do HomePod “Welcome Home”, dirigido por Spike Jonze e estrelado pela musicista inglesa FKA Twigs — a honraria foi dividida com o videoclipe da música “Smile”, de Jay-Z, que levou um troféu similar para casa.

Novo comercial do HomePod, dirigido por Spike Jonze e estrelado por FKA twigs

A presidente do júri, Lori Feldman (executiva da Warner Bros. Records), classificou o comercial da Apple como uma produção “extremamente complexa de ser executada”, adicionando que a técnica empregada foi impecável e que “a marca está no centro da ação em uma forma simples e única. É somente uma frase ser dita ao HomePod que ela muda todo o mundo dela”.

Publicidade

O outro Grand Prix faturado pela Maçã foi na categoria “Experiência e Ativação de Marca”; neste caso, a honraria foi atribuída à iniciativa Today at Apple, que combina uma experiência educacional com atividades recreativas nas lojas da empresa para transformar os espaços em “pontos de encontro da cidade” — visão, aliás, reforçada pela chefona de varejo Angela Ahrendts, em entrevista no festival.

Estreia do programa "Today at Apple"

O presidente do júri, Rob Reilly (executivo da agência de publicidade McCann Worldgroup), explicou a decisão afirmando que “num tempo onde o varejo está morrendo, essa marca está descobrindo como ser significativa na vida das pessoas hoje e, creio eu, pelos próximos 100 anos”. Reilly afirmou que a Apple deixou de fazer apenas produtos mágicos para construir também experiências mágicas — e importantes.

Pode estourar o champanhe, Cupertino. 🍾

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apresentação do IGTV

Instagram anuncia plataforma de vídeos IGTV e comemora a marca de 1 bilhão de usuários

Próximo Artigo
Capa do podcast #282

MacMagazine no Ar #282: expansão do Apple Pay, iOS 12 mais protegido, "Apple Studios", campanha “Por Trás do Mac” e mais!

Posts Relacionados