O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

App MacMagazine 3.1 para iPad e iPhone

Ter um iPhone é o sinal mais claro de que você é rico — e não só no Brasil

Na nossa querida república, poucas coisas corriqueiras denotam riqueza tanto quanto puxar um iPhone do bolso/da bolsa ou um iPad da mochila — e, vejam bem, não estou fazendo aqui qualquer juízo de valor em relação a isso, apenas atestando o fato de que a Maçã de Cupertino, em território nacional, transmite uma imagem de luxo e riqueza como não muitas outras. Talvez eu tenha um palpite do porquê.

Publicidade

Ainda assim, temos uma impressão de que esse é um fenômeno endêmico e que, em outros lugares (especialmente o “Primeiro Mundo”), ter um iPhone ou um iPad é a coisa mais corriqueira e sem significado do mundo. Bom, aparentemente não é bem assim.

Um estudo do National Bureau of Economic Research, publicado pelo Business Insider, mostra que o iPhone é o símbolo de riqueza mais comum dos Estados Unidos — ou, em outras palavras, no país natal da Apple, nenhuma outra marca indica que a pessoa que a possui é detentora de uma gorda conta bancária com tanto poder quanto “iPhone”.

Mais precisamente, os economistas da Universidade de Chicago Marianne Bertrand e Emir Kamenica, que lideraram a pesquisa, estimaram que ter um iPhone permite aos cientistas determinar corretamente que você faz parte da esfera mais rica da sociedade em 69% das tentativas — e quando eles falam em “esfera mais rica”, se referem aos 25% com maior renda dentro de uma faixa demográfica qualquer.

Publicidade

Curiosamente, ter um iPad foi o segundo indício mais forte de que uma pessoa é rica — no caso do tablet, os cientistas podem determinar essa informação corretamente em quase 67% dos casos. Outras marcas que indicam riqueza atualmente (ou em 2016, quando a pesquisa se realizou) incluem a Verizon Wireless, o Android, a Samsung e a HP.

É interessante notar a tendência histórica da pesquisa, documentada na tabela abaixo — em 1992, a segunda marca mais indicativa de alta renda era a (quase defunta) Kodak. Vejam só:

Pesquisa que põe o iPhone e o iPad como maiores indicativos de riqueza nos Estados Unidos

A pesquisa envolveu uma amostra de 6.394 entrevistados e dados da Mediamark Research Intelligence. Curioso, não?

via Cult of Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Opção "Acessórios USB" no iOS 11.4.1

iOS 11.4.1 já traz proteção contra ferramentas de invasão por força bruta [atualizado]

Próximo Artigo
Seagate BarraCuda

Seagate anuncia novos SSDs da linha BarraCuda com até 2TB

Posts Relacionados