O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Fazenda de energia solar da Apple em Sichuan (China)

Apple anuncia fundo de US$300 milhões em energia limpa na China

Em abril passado, comentamos que a Apple passou a realizar 100% de suas operações ao redor do mundo utilizando energia limpa — um marco importante que também pode ajudar outras empresas a se convencerem a só trabalhar com fontes renováveis.

Publicidade

Seguindo essa filosofia, a Apple anunciou ontem (12/7) um novo fundo de investimento em energia limpa na China. Inicialmente, o projeto reunirá a Maçã e outras dez fornecedoras que, juntas, deverão investir aproximadamente US$300 milhões na empreitada durante os próximos quatro anos.

Conforme divulgado pela Maçã, seus novos projetos de energia limpa poderão produzir mais de 1GW1 de energia renovável na China. Para se ter uma ideia, essa quantidade de energia poderia fornecer eletricidade para cerca de 1 milhão de residências.

Para Lisa Jackson, responsável pelas iniciativas ambientais da Maçã, reunir várias empresas que têm como propósito enfrentar o desafio climático no planeta é fundamental para fazer a diferença nessa questão.

Publicidade

Na Apple, temos orgulho de nos unir a empresas que estão se esforçando para enfrentar o desafio climático. Estamos entusiasmados com a participação de muitos de nossos fornecedores no fundo e esperamos que esse modelo possa ser replicado globalmente para ajudar empresas de todos os portes a causar um impacto positivo significativo em nosso planeta.

Para as empresas, a vantagem de comprar energia limpa é um maior poder de compra em relação às outras fontes e a capacidade de obter soluções em energias renováveis “mais atraentes e diversificadas”, destacou a Apple.

O novo fundo não é a primeira empreitada da Maçã visando melhorar as condições ambientais de produção na China. Em 2015, a companhia já havia lançado dois programas nesse sentido. No mesmo ano, a Apple lançou um programa ainda maior, chamado “Programa de Energia Limpa de Fornecedores”, reunindo 23 parceiros em 10 países que se comprometeram a utilizar 100% de energia limpa nas suas linhas de produções da Apple.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhone X sendo usado dentro de um carro

Apple é acusada de infringir patentes com o "Não Perturbe ao Dirigir" e… a Siri?

Próximo Artigo
Firefox Lockbox, gerenciador de senhas da Mozilla

Mozilla lança gerenciador de senhas para usuários do Firefox no iOS (mas só nos EUA)

Posts Relacionados