Apple estaria trabalhando na criação de (ainda) mais sensores para o Watch

O Apple Watch já é, em sua atual encarnação, um aparelho deveras formidável no sentido de monitorar vários aspectos do corpo do usuário — temos um leitor de frequência cardíaca, um sensor de movimento bem apurado e até mesmo a possibilidade de registrar o seu VO2 máx. Mas, ao que parece, a Apple não está parando por aí.

Publicidade

Sensores do Apple Watch

A CNBC trouxe, em uma nova reportagem, a informação de que a Maçã publicou recentemente em seu site novas vagas de emprego que só podem significar uma coisa: a empresa está em busca de novas tecnologias para melhorar ainda mais não só o leque de sensores do Watch, como também toda a arquitetura que une esses sensores e processa as informações capturadas por eles.

Vagas publicadas no dia 10 de junho procuram por profissionais que se integrem à equipe de hardware dos sensores de saúde da Apple, afirmando: “Estamos procurando arquitetos especializados em ASIC1 para ajudar no desenvolvimento de ASICs para novos sensores e sistemas de monitoramento para futuros produtos da Apple. Nós temos vagas para arquitetos especializados em ASICs analógicos e digitais.”

A descrição não deixa claro em que tipo de sensores os novos profissionais trabalhariam, mas outra vaga, publicada no início de agosto para a mesma equipe, vai um pouco mais fundo nas exigências e escancara qual a real intencionalidade da Maçã: eles procuram por alguém que “ajude a desenvolver sensores de saúde, bem-estar e atividades”. Ou seja, é o Apple Watch que está no centro de tudo, mesmo.

Publicidade

Resta saber, agora, quais serão essas novas tecnologias. Muito se fala sobre um possível leitor de glicemia em futuros Watches mas, até o momento, esse é o único rumor (e, é bom notar, mais focado no longo prazo) relacionado a novos sensores nos reloginhos da Maçã. Será que temos mais novidades vindo por aí? Veremos.

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…