iPhones com 512GB, dual-SIM e sem suporte ao Apple Pencil; confira as últimas previsões!

Após a Bloomberg dar os seus pitacos sobre os lançamentos da Apple, chegou a vez de Ming-Chi Kuo (da TF International Securities) reforçar algumas das suas previsões.

Publicidade

iPhone de 6,1″

O analista mais antenado do mundo Apple afirmou novamente que o novo aparelho de 6,1″, com tela LCD1, não será lançado junto dos seus irmãos com tela OLED2. Veja que “lançado” é diferente de “apresentado”.

Tudo leva a crer que conheceremos os três novos iPhones no dia 12 de setembro (mais sobre isso a seguir), mas o modelo com tela intermediária e preço “mais em conta” chegaria às lojas depois (Kuo não especifica, mas podemos estimar que isso aconteceria em outubro, já que os modelos de 5,8″ e 6,5″ têm tudo chegar ao mercado ainda em setembro).

Um ou dois chips?

Ainda segundo Kuo, tanto o modelo de 6,1″ quanto o de 6,5″ contarão com opções de um ou dois chips, possibilitando o uso simultâneo de até duas linhas telefônicas. Isso, porém, será reservado apenas a algumas regiões/mercados (como a China). Ainda de acordo com o analista, o iPhone de 5,8″ também terá um espaço físico para cartão SIM e um eSIM (o SIM eletrônico, porém, não seria ativado pela Apple).

Ao afirmar isso, Kuo confirma uma suspeita de todos nós: a de que a Apple trabalhará com um chip físico e um eletrônico em vez de colocar duas bandejas para cartões SIM nos aparelhos. Veremos, agora, em quais regiões/países esse modelo dual-SIM será comercializado. O Brasil seria um bom candidato.

Chip A12

Para o analista, todos os três novos modelos de iPhones vão utilizar o processador A12 — inclusive o iPhone de 6,1″, que teria uma estrutura em alumínio em vez de aço inoxidável e apenas uma câmera traseira, a fim de manter o seu preço mais competitivo. Ou seja, pelo menos em performance, os três modelos de 2018 estariam equiparados.

Outras características

Previsões de Ming-Chi Kuo para os Phones de 2018
Previsões de Ming-Chi Kuo para os iPhones de 2018

Segundo as informações do gráfico acima, os iPhones OLED terão três opções de capacidade (64GB, 256GB e 512GB), enquanto o LCD terá duas (64GB e 256GB). As câmeras traseiras dos iPhones OLED seriam idênticas (dupla) e eles teriam uma antena 4×4 MIMO, enquanto o modelo de 6,1″ teria uma antena 2×2 MIMO.

As resoluções das telas seriam as seguintes: 2688×1242 pixels (6,5″), 2436×1125 pixels (5,8″) e 1792×828 pixels (6,1″); os modelos OLED teriam 4GB de RAM, enquanto o LCD viria com 3GB.

Publicidade

A bateria do iPhone de 6,5″ teria 3.300-3.400mAh; a do iPhone de 5,8″ teria 2.700-2.800mAh; e, apesar de o modelo de 6,1″ ser maior que o de 5,8″, ele teria uma bateria ligeiramente menor (2.600-2.700mAh) por conta de uma célula única — os OLED contam com uma célula dupla.

Os preços ficaram em US$900-1.000 para o de 6,5″, US$800-900 para o de 5,8″ e US$600-700 para o de 6,1″, e os modelos OLED viriam em três cores enquanto que o com tela LCD seria disponibilizado em cinco.

Suporte ao Apple Pencil

Recentemente, nós cobrimos um rumor o qual afirmava que os iPhones com tela OLED contariam com suporte ao Apple Pencil. Kuo, porém, tratou de dizer, pelo menos para ele, isso não acontecerá já que a experiência de usar o lápis no smartphone não seria das melhores.

Evento de apresentação

Sobre o evento especial da Apple, Kuo acredita que a empresa deverá realizá-lo durante a semana do dia 9 de setembro — que está totalmente de acordo com rumores recentes de que ele acontecerá no dia 12/9 (uma quarta-feira), com a pré-venda dos iPhones se iniciando no dia 14/9 (sexta-feira) e os iPhones em si (pelo menos os com tela OLED) chegando às lojas na sexta-feira seguinte, no dia 21/9.

Além do analista, a rádio francesa Europe1 também acredita (com base em informações de fontes próprias) que o evento acontecerá no dia 12/9. Ou seja, mais um nome de peso apostando na data.

via 9to5Mac, MacRumors

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…