O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple continuará oferecendo suporte para MacBook Air “clássico”

MacBooks Air

A Apple tem uma política de reparo relativamente simples de entender. Se o produto foi descontinuado há menos de cinco anos, a empresa é obrigada a oferecer suporte (traduzindo: ela precisa ter peças/unidades de substituição, caso você precise de algum reparo). Por outro lado, se o produto já completou cinco anos de vida desde o seu “enterro”, ele então é considerado “clássico”. Isso significa que a Apple não oferece mais serviço de hardware para ele1, todavia, um programa-piloto da Apple pode mudar esse cenário.

Publicidade

MacBooks Air

Segundo informou o MacRumors, os MacBooks Air de 11″ e 13″ lançados em meados de 2012 vão entrar para essa lista de produtos clássicos agora, no dia 31 de agosto. Isso quer dizer que a Apple não é mais obrigada a oferecer reparo para essas máquinas. No entanto, a Apple decidiu incluir o notebook num programa-piloto lançado recentemente o qual permite que tais reparos continuem sendo feitos mesmo no período “clássico” (desde que haja disponibilidade de peças).

De acordo com documentos internos, a Apple informou que os modelos 2012 do MacBook Air permanecerão elegíveis para serviço nas suas lojas e em Centros de Serviço Autorizados Apple em todo o mundo até 31 de agosto de 2020, dois anos após o notebook ser classificado como “clássico” — nos EUA e no Japão, clientes poderão até mesmo realizar reparos enviando suas máquinas pelo correio. Além do MacBook Air de 2012, apenas o iMac de 2011 faz parte do programa — sendo que, no caso do desktop, o programa-piloto é válido apenas nos EUA e na Turquia.

Obviamente, se as peças estiverem indisponíveis para um reparo específico, as lojas e os CSAAs são instruídos a recusar o serviço. Tudo dá a entender que a Apple tem bastante peça de reposição desses Macs e que não quer desperdiçá-las simplesmente deixando de oferecer reparo para as máquinas. Desta forma, todos ganham: a Apple (que realiza um serviço e ganha por isso), o cliente (que consegue reparar o Mac) e o meio ambiente (afinal, mesmo com uma boa política de reciclagem, uma parte dessas peças fatalmente viraria lixo).

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Bose Home Speaker 500

Bose lança alto-falante inteligente com suporte ao AirPlay 2 e à Alexa

Próximo Artigo
Protótipo iPhone 2G em leilão

Supostos protótipos do primeiro iPhone estão à venda no eBay

Posts Relacionados