O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Dual SIM

Como funciona o recurso Dual SIM (dois chips) dos novos iPhones

Entre algumas das funções dos novos iPhones XS/XS Max e do iPhone XR que mais dividem a opinião dos usuários, acredito que a funcionalidade Dual SIM (suporte a dois chips) esteja no topo.

Publicidade

Apesar de estar presente em iPhones pela primeira vez agora, em 2018, essa tecnologia não é recente e outras fabricantes já a utilizam em seus aparelhos há vários anos. Nos iPhones XS, XS Max e XR, a Apple optou por usar um SIM1 físico e outro eletrônico — exceto na China, onde a tecnologia eSIM não está presente e, por questões legais, provavelmente não chegará tão cedo.

De acordo com o site da Apple, mesmo em diversos países que comercializarão iPhones com eSIM, essa funcionalidade não estará disponível imediatamente pois isso depende de as operadoras suportarem ou não tal tecnologia e de uma atualização do iOS 12, que será liberada mais para frente. A Maçã está trabalhando com as suas parceiras para que isso se expanda o mais rápido possível, mas o fato é que em muitas regiões (como no Brasil) não há nenhuma previsão de quando essa funcionalidade será disponibilizada.

A tecnologia usada para o eSIM, por sua vez, também não é recente e a própria empresa já a utiliza em dois gadgets: no iPad (Wi-Fi + Cellular) e no Apple Watch (GPS + Cellular). Nos novos iPhones, a Apple adotou o recurso chamado Dual SIM Dual Standby, ou DSDS, o que significa que os dois números podem fazer e receber chamadas, dependendo apenas dos planos contratados. Contudo, se um número estiver em uma ligação, as chamadas recebidas no outro número irão para o correio de voz — o que também dependerá do seu plano.

Publicidade

Você deve estar se perguntando: “Mas eu consigo colocar uma ligação em espera e atender outra chamada, como isso não será possível no novo iPhone?” Primeiro: isso será, sim, possível, desde que as duas chamadas sejam feitas para o mesmo número de celular. Se você estiver em uma ligação usando um chip e o outro número também receber um chamada, aí não será possível atendê-la.

iPhone com Dual SIM

Nesse sentido, para evitar perder uma ligação importante, a Apple recomenda ativar o encaminhamento de chamadas e encaminhar todas as chamadas de um número para o outro. Para configurar qual será o seu número primário e secundário, haverá uma seção dentro do app “Ajustes” do iOS 12 desses dispositivos, a fim de estabelecer um número padrão e definir quais recursos serão usados a partir dos números ativados — como ligações, SMS2, iMessage, FaceTime e uso de dados.

Inicialmente, a Apple está trabalhando com algumas operadoras para habilitar a função eSIM nos novos iPhones, incluindo AT&T (EUA), T-Mobile (EUA) e Vodafone (Europa) — confira a lista completa aqui.

Publicidade

Como dissemos, pode ser que essa funcionalidade também demore para chegar ao Brasil. Não obstante, como pelo menos uma operadora daqui já começou a trabalhar com essa tecnologia para o Apple Watch, vamos torcer para que ele e outras adotem o novo recurso para os iPhones o quanto antes.

Para configurar o eSIM, as operadoras oferecerão um código QR escaneável pelo própria câmera do iPhone, o qual permitirá a configuração do plano contratado.

Barra de sinal de um iPhone com Dual SIM

E, aqui, vai uma curiosidade: com dois SIMs ativados, o ícone do sinal no iPhone exibe a intensidade das duas operadoras; as barras maiores indicam o sinal do SIM padrão, enquanto que as menores (logo abaixo), do SIM secundário.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Chip A12 Bionic

Saíram os primeiros possíveis benchmarks dos iPhones Xs, Xs Max e Xr

Próximo Artigo
Recurso de eletrocardiograma (ECG) no Apple Watch Series 4

Saiba mais sobre o sensor de ECG do Apple Watch Series 4

Posts Relacionados