O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Apple Suzhou, Pequim (China)

iPhone XS Max estaria vendendo bem mais que o XS; veja fotos do lançamento

Nosso amigo de sempre, Ming-Chi Kuo, está de volta com novas estimativas — desta vez, sobre o desempenho inicial dos novos smartphones da Apple em seus primeiros dias de vendas. Ah, e também sobre o Apple Watch Series 4.

Publicidade

Em nota enviada aos investidores, o analista da TF International Securities afirma chamar a atenção a disparidade do interesse pelo iPhone XS Max. Aparentemente, o maior dos novos iPhones estaria vendo uma demanda entre três e quatro vezes maior que a do iPhone XS, com os modelos dourado e cinza espacial provando-se mais populares que o prateado.

Foto dos iPhones XS e XS Max (por MacMagazine)

Kuo disse ainda que a opção preferida dos consumidores é a de 256GB, mas a mais cara, de 512GB, poderia ter uma saída ainda melhor se não fosse por um probleminha — a escassez de chips de memória NAND dessa capacidade. A Samsung é a fornecedora dos componentes de armazenamento dos iPhones, e se a sul-coreana aumentar o ritmo da produção dos chips de maior capacidade, os iPhones de 512GB podem decolar ainda mais, não obstante o seu preço absurdo maior.

Publicidade

O analista afirma ainda que, por mais que a demanda pelo iPhone XS comum se mostre um pouco menor que a esperada, o interesse pelo modelo maior está equilibrando as contas e, por isso, a estimativa de iPhones despachados no segundo semestre continua a mesma: entre 75 e 80 milhões de unidades. A melhor notícia para a Apple é que, com a popularidade das versões mais caras, o preço médio de compra do iPhone deverá subir para US$750-770 (já considerando o iPhone XR), o que pode levar a um recorde de receita na Maçã.

Falando em iPhone XR, a sua chegada no mês que vem deverá contribuir bastante para esse possível recorde, segundo o analista — especialmente se as fabricantes do novo painel LCD (JDI e LG Display) recortado solucionarem os problemas de produção, que podem fazer com que as unidades do vindouro aparelho sejam limitadas nas suas primeiras semanas de disponibilidade.

Mudando a marcha para o Apple Watch Series 4, o reloginho vai navegando de vento em popa no mar do sucesso. Segundo Kuo, o dispositivo tem vendido mais do que o esperado e a Apple depende de um aumento da produção na Compal (uma das montadoras do Watch) para continuar as vendas sem problemas de disponibilidade. O analista aumentou a previsão para 2018 e agora afirma que a Maçã despachará 18,5-19,5 milhões de unidades do Apple Watch ao longo do ano, contra os 18 milhões estimados anteriormente.

Publicidade

·   •   ·

Falando em lançamentos, a Apple divulgou recentemente várias fotos tiradas ao redor do mundo no primeiro dia de disponibilidade dos novos iPhones e Watches. Vejamos algumas das mais legais abaixo — ou confira todas no post da Maçã.

Lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Apple Regent Street, Londres (Reino Unido)
Lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Apple Fifth Avenue, Nova York (EUA)
Lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Apple Orchard Road, Singapura
Lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Apple Kyoto, Japão
Lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Apple Dubai Mall, Emirados Árabes Unidos

A Apple Palo Alto, como já virou costume, recebeu a presença ilustre de Tim Cook em pessoa no dia dos lançamentos. O CEO participou da cerimônia de abertura, com contagem regressiva e tudo, e apertou as mãos dos consumidores que estavam aguardando para colocar suas mãos nos novos produtos; depois, ele entrou na loja para tirar selfies com todo mundo.

Acontecendo agora: o CEO da Apple, Tim Cook, abre a loja da empresa em Palo Alto, Califórnia, no dia em que começam as vendas dos novos iPhones

Tim Cook em lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Tim Cook na Apple Palo Alto

Já a Apple Union Square, em San Francisco, recebeu a vice-presidente sênior de varejo da Maçã, Angela Ahrendts:

Angela Ahrendts em lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Angela Ahrendts na Apple Union Square, San Francisco

Aproveitando a data, a Maçã tratou ainda de inaugurar duas novas lojas em pontos bem distantes do mundo. A primeira delas foi a Apple Suzhou, na China, sobre a qual já tínhamos comentado aqui — e que traz tamanho e arquitetura impressionantes, como tem se tornado padrão nos projetos recentes da Maçã. Vejam só algumas fotos, trazidas pelo 9to5Mac:

Lançamento dos novos iPhones e Apple Watch em lojas da Apple
Apple Suzhou, Pequim (China)

Nova Apple Suzhou, Pequim (China)

Nova Apple Suzhou, Pequim (China)

Por sua vez, a Apple Eastview, num shopping center na cidade de Victor, Nova York (EUA), foi reinaugurada — ela ficava em outro espaço bem menor no mesmo centro comercial, e foi realocada para essa nova localidade bem maior e em consonância com as tendências de design mais novas da empresa. Ficou bem bonita.

Nova Apple Eastview, Victor, Nova York (EUA)

Para completar, a Apple Wangfujing, também em Pequim (China), está reinaugurando após algumas renovações passadas ao longo dos últimos meses. Com elas, a loja ganha todas as experiências apresentadas pela Maçã nos últimos tempos, como as sessões do Today at Apple e os espaços de reunião, as paredes verdes e os telões de LED para apresentação de produtos ou pequenas conferências.

Reinauguração da Apple Wangfujing, Pequim

Haja coisa, hein?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
macOS Mojave rodando num iMac

Primeira versão beta do macOS Mojave 10.14.1 está disponível [atualizado]

Próximo Artigo
Alto's Adventure para Mac

Popular no iOS, jogo Alto's Adventure chega à Mac App Store

Posts Relacionados