O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Suporte do ID Apple

Ferramenta para baixar dados do ID Apple chega a mais países

Há alguns meses, a Apple passou a oferecer novas opções para usuários que quisessem exportar ou corrigir dados das suas respectivas contas da Maçã, desativá-las temporariamente ou mesmo apagá-las de forma definitiva — tudo isso em uma ferramenta acessível e fácil de usar incluída na página “Dados e Privacidade” da empresa.

Publicidade

Download - ID Apple

A movimentação não foi exatamente gratuita e sim uma forma de a Maçã cumprir novas regras da União Europeia, as quais exigem que as empresas detentoras de dados dos usuários ofereçam justamente recursos para que os consumidores exportem e/ou apaguem esses dados facilmente a qualquer momento. Por isso, inicialmente, a ferramenta da Maçã foi lançada apenas em países da UE; agora, ela está começando a se expandir.

A partir de agora, usuários dos Estados Unidos, do Canadá, da Austrália e da Nova Zelândia também terão acesso às novas ferramentas de controle de privacidade. Caso você seja residente de algum desses países, o processo é bem simples: basta fazer o login nesta página com o seu ID Apple e navegar pelas opções oferecidas — a Maçã promete cumprir todas as solicitações em até sete dias úteis, dependendo do volume de informações solicitadas.

Publicidade

Para acompanhar a expansão (e o lançamento dos novos produtos e sistemas da empresa, com vários novos recursos de segurança), a Apple tratou de atualizar também a sua página de Privacidade listando várias das novidades trazidas recentemente para assegurar a proteção da identidade e dos dados dos usuários.

Temos seções falando sobre a criptografia de ponta a ponta do FaceTime, a privacidade diferencial e as novas diretrizes para desenvolvedores da App Store; novos recursos, como o Tempo de Tela, são destacados como formas simples de controlar o uso que você e seus filhos fazem dos dispositivos da empresa. Até mesmo o Apple Music foi citado (segundo a Maçã, o serviço adiciona como amigos apenas os contatos que você seleciona, e não toda a sua agenda).

Nova página de privacidade da Apple

A Apple também aproveitou a oportunidade para falar das suas ferramentas de autenticação biométrica, o Face ID e o Touch ID, bem como lembrar que toda a infraestrutura de inteligência artificial da empresa é baseada em coprocessadores incluídos nos próprios aparelhos — ou seja, nenhuma informação precisa ser enviada aos servidores da Apple para ser interpretada; tudo ocorre localmente, de forma segura e impenetrável.

No fim das contas, a ação é mais um passo da Apple na construção dessa imagem positiva que a empresa (no geral) tem em relação à privacidade do usuário. Se na prática as coisas são belas desse jeito, claro, é outra história — como sempre, é bom que exerçamos nosso senso crítico e não saiamos depositando todos os nossos dados em uma companhia gigantesca de um trilhão de dólares. Certo?

via TechCrunch

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
App Notícias no macOS Mojave 10.14

Quarta beta do macOS Mojave 10.14.1 e versão final do MapKit JS já estão disponíveis

Próximo Artigo
Chip A12

Ming-Chi Kuo corrobora rumores de Macs com chips da Apple em 2020-21

Posts Relacionados