O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mark Zuckerberg no Senado americano

Mark Zuckerberg manda executivos trocarem seus iPhones por Androids

Eu não preciso falar aqui o quão polêmico é o Facebook. Nesta semana, o New York Times (em um artigo bastante extenso e detalhista) mostrou como a rede social lidou com os últimos acontecimentos que mancharam a reputação da empresa (como um recente vazamento de dados, o fato de usar o número de celulares cadastrados como confirmação de autenticação de dois fatores para disparar publicidade, entre outras coisas).

Publicidade

Um detalhe, porém, chamou a atenção de veículos que cobrem o mundo Apple como um todo: o fato — pelo menos de acordo com o jornal novaiorquino — de Mark Zuckerberg ter forçado sua equipe de gerenciamento a abandonar seus iPhones e mudar para aparelhos com Android após diversos comentários de Tim Cook sobre o Facebook que o deixaram enfurecido.

Eis a passagem do texto sobre o caso:

“Não vamos traficar a sua vida pessoal”, disse Tim Cook, executivo-chefe da Apple, em entrevista à MSNBC. “Privacidade para nós é um direito humano. É uma liberdade civil.” (As críticas de Cook enfureceram Zuckerberg, que mais tarde ordenou que sua equipe de gerenciamento usasse apenas telefones Android — argumentando que o sistema operacional tinha muito mais usuários que o da Apple.)

Na época, após essas declarações de Cook, o próprio Zuckerberg tratou de responder, argumentando que o Facebook é uma empresa que trabalha duro para cobrar menos e oferecer ao mundo um serviço gratuito que todos podem usar e que isso de forma alguma significa não se importar com as pessoas; por outro lado, ele acusou a Apple de criar produtos que servem apenas aos ricos.

Publicidade

O Facebook não demorou muito para responder alguns dos temas levantados pela extensa matéria do jornal, como “investigação russa”, “banimento muçulmano”, “combate às fake news“, “legislação sobre tráfico sexual” e, é claro, o assunto “Android”. Sobre este, a empresa afirmou:

Tim Cook tem criticado constantemente nosso modelo de negócios e Mark tem sido igualmente claro que ele discorda. Portanto, não há necessidade de empregar mais ninguém para fazer isso por nós. E há muito tempo incentivamos nossos funcionários e executivos a usar o Android porque é o sistema operacional mais popular do mundo.

De fato, não há como negar o argumento.

via 9to5Mac: 1, 2

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
AAPL - 15 de novembro de 2018

Warren Buffett continua comprando ações da Apple, que chegou a perder US$200 bilhões em valor de mercado nas últimas semanas

Próximo Artigo
Segurança digital

Malware para macOS vem em downloads via torrent e pode roubar dados

Posts Relacionados