O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhone X em Apple Store na China

Aliança chinesa diz que Apple deve suspender a venda de iPhones no país

Mais um dia, mais um capítulo da eterna batalha judicial entre Apple e Qualcomm. Só que hoje nenhuma das duas empresas de fato agiu — em vez disso, quem está sob os holofotes é uma aliança chinesa dedicada a combater produtos falsificados. Que?

Publicidade

Explico: em dezembro, uma corte chinesa emitiu dois mandados preliminares contra quatro subsidiárias locais da Apple orientando a suspensão da venda de alguns modelos do iPhone por conta da suposta infração de patentes da Qualcomm. A Apple “resolveu” o problema mudando uma animação do iOS que seria parte constituinte das patentes e continuou vendendo os aparelhos normalmente no país.

A Qualcomm afirma que a Maçã está fazendo pouco caso da decisão, continua desrespeitando as patentes e que deve interromper a venda dos aparelhos em território chinês imediatamente.

É aí que entra a Aliança Estratégica de Inovação Anti-Violações e Anti-Falsificações da China (sim, o nome é grande), uma instituição não-governamental. Ela publicou em seu site uma declaração direcionada à Apple, afirmando que a empresa deve “respeitar a decisão judicial em vez de desafiar ou pisar na lei chinesa, se aproveitando de seu enorme poder econômico e influência”. O comunicado, redigido originalmente em inglês, segue:

Publicidade

A Aliança notou que as quatro subsidiárias chinesas da Apple ligadas ao processo não cumpriram a ordem e até se recusaram a receber o mandado emitido legalmente pela corte. Tal ato trouxe ampla atenção, gerou discussões acaloradas e até causou grande indignação na China e no resto do mundo.

Vale lembrar que as palavras da Aliança não possuem valor legal, já que trata-se de uma ONG; apesar disso, estamos falando de uma instituição com uma influência considerável na China — empresas como Xiaomi e Alibaba fazem parte do seu quadro de membros, bem como universidades e associações comerciais importantes do país. Portanto, não é algo que a Apple deve desconsiderar totalmente.

Será que a Maçã ainda terá mais essa batata quente para lidar nos próximos tempos?

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPad Pro

Donos de iPads não podem restaurar backups de iPhones rodando o iOS 12.1.2

Próximo Artigo
Orsus

Promoções do dia na App Store: Orsus, Inkwork, NepTunes e mais!

Posts Relacionados