O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Casa Branca

Apple mantém-se estável em gastos com lobbying, e continua atrás das concorrentes

Ah, lobbying. Por questões que vão muito para trás na história e nas constituições de cada país, cada lugar tem uma visão diferente sobre a prática — no Brasil, por exemplo, ela é vista com maus olhos e sempre relatada como uma prática que existe por debaixo dos panos. Já em outros locais, como os Estados Unidos, o lobbying é legal, praticado em plena luz do dia, e as empresas relatam seus gastos com a prática periodicamente.

Publicidade

Após gastar um valor recorde com lobbying governamental ao longo de 2017 (primeiro ano de Donald Trump na Casa Branca, é bom notar), a Apple manteve-se estável em 2018, com um gasto ligeiramente inferior na prática. Registros das empresas ligados a gastos governamentais, liberados hoje, mostram que a Maçã gastou US$6,6 milhões ao longo de 2018 com o lobbying no Congresso dos EUA — uma pequena queda em relação aos US$7,1 milhões de 2017.

Mesmo com a pequena diminuição, a Apple tem gastado muito mais com a prática sob o governo atual que em administrações anteriores — antes de Trump assumir o Salão Oval, o ano em que a Maçã mais tinha gastado com lobbying tinha sido 2016, sob o governo Obama: US$4,6 milhões. Isso pode ter várias explicações, desde as diferenças (práticas e ideológicas) entre a empresa e a administração, até o próprio crescimento da Apple nos últimos dois anos.

Mesmo assim, a Apple gasta muito menos com lobbying do que suas principais concorrentes: no mesmo período, o Facebook gastou US$12,6 milhões com a prática, enquanto a Amazon investiu US$14,2 milhões e o Google despendeu US$21 milhões — a empresa de tecnologia que mais abriu a carteira para a prática em 2018.

Publicidade

Não se tem como afirmar com certeza quais questões, propostas e interesses foram os que mais levaram a Apple a investir nos congressistas americanos. Sabe-se que a empresa tem tido vários embates com o governo Trump por assuntos ligados às importações chinesas, às políticas de imigração dos EUA e de inclusão social de pessoas LGBTQ, mas a gigante de Cupertino também tem sido bem vocal na expansão de regulamentações médicas, legislações quanto a produtos de mídia e sistemas de carros auto-guiados.

Os efeitos práticos desse gasto, nós veremos ao longo dos próximos anos. Ou não.

via Cult of Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
CocoaHeads em ES

Espírito Santo recebe pela primeira vez o evento CocoaHeads

Próximo Artigo
Jogo Hidden Folks

Promoções do dia na App Store: Hidden Folks, Bridge Constructor Portal, The Sims 2: Super Collection e mais!

Posts Relacionados