O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple reforça que apps devem mostrar preço total das suas assinaturas

Novas screenshots de assinaturas em apps da Apple

As assinaturas tornaram-se rapidamente o modelo de negócios mais adotado (e mais lucrativo) da App Store: a cada dia, o modelo tradicional do app com preço estampado para download avulso vai sumindo e dando lugar para o modelo de pagamento mensal, em que você essencialmente paga por um serviço em vez de um produto único.

Publicidade

Agora, para acompanhar essa mudança, a Apple atualizou suas páginas com orientações para desenvolvedores acerca das telas de assinatura dos seus apps. Tanto as documentações presentes na área de Diretrizes de Interface Humana quanto na área da App Store dentro do site Apple Developer foram renovadas com uma série de novas regras — ou com reedição de regras já existentes para que certas limitações e exigências fiquem mais claras.

Dentre as regras destacadas, a Apple orienta os desenvolvedores a exibir o preço das assinaturas claramente — ou seja, em todos os modelos de pagamento (mensal, trimestral, semestral), o valor em destaque deve ser o total que o usuário pagará no momento da compra; outras informações, como o valor equivalente mensal ou quanto o usuário economizará com planos mais longos, devem ser exibidas em letras menores.

Veja alguns exemplos:

Novas screenshots de assinaturas em apps da Apple

A Maçã também deixa claro que as informações sobre preço das assinaturas deve estar disponível antes da “dobra” da página — ou seja, se a tela em questão traz uma longa rolagem, os botões de assinatura não podem ficar no final da página. Períodos de teste, por sua vez, devem ter sua duração explicitada antes que o usuário aceite os termos, bem como o valor que será pago ao fim do trial.

Publicidade

A nova documentação traz ainda screenshots “padrão” nas quais os desenvolvedores podem se inspirar, bem como textos-base de regras e diretrizes que podem ser adaptados caso a caso e incluídos nos apps.

Claramente, a movimentação da Maçã é uma tentativa de coibir a ação de desenvolvedores desonestos ou apelativos, que recorrem a estratégias questionáveis para tirar dinheiro de usuários incautos — o que, como já falamos falamos aqui, tem se tornado um fenômeno infelizmente comum. Espera-se que o reforço às regras ao menos diminua esse tipo de ocorrência e torne a vida de todo mundo mais fácil, mas, para checarmos a efetividade da ação, teremos de aguardar.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Full Circle - iPhone XR

"Volta Completa": Apple publica novo experimento usando 32 iPhones XR

Próximo Artigo
App Find-the-Line para iOS

Promoções do dia na App Store: Find-the-Line, Mount Burnmore, Money Pro e mais!

Posts Relacionados