O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

MacBook White "restaurado" por youtuber Gabriel do Pinho

Com R$900, YouTuber comprou MacBook branco e o deixou pronto para 2019

Publicidade

Comprar um Mac — no Brasil, especialmente — é caro. Muito caro. Mas é possível, com metade do orçamento que você teria para comprar um notebook Windows razoável, adquirir um computador antigo da Maçã e transformá-lo numa máquina deveras utilizável para os padrões médios de 2019 — ao menos é o que mostrou Gabriel de Pinho.

O YouTuber tomou para si mesmo um desafio ambicioso: comprar, num site de classificados, um MacBook antigo pelo menor preço possível e deixá-lo pronto para uso com a menor mudança possível de componentes. Ele conseguiu uma boa oferta num MacBook, o saudoso modelo branquinho unibody de 2009, por R$450 — originalmente, o vendedor pedia R$750 pela máquina, mas o valor foi diminuído porque ela estava sem sua bateria interna.

Gabriel explicou que poderia ter baixado ainda mais esse orçamento recorrendo a máquinas mais antigas, como o MacBook branco de geração anterior; como aquele modelo só aceita RAM1 DDR2, entretanto, o upgrade desse componente importante num futuro próximo ficaria muito difícil. Por isso, o modelo unibody do computador foi o escolhido — já com 4GB de RAM e processador Core 2 Duo de 2,26GHz.

Apenas duas mudanças internas foram feitas no computador: primeiramente, ele substituiu o HDD2 interno do MacBook por um SSD3 (que ele já tinha, mas que custa, em média, R$250). Em seguida, foi hora de recorrer ao Mercado Livre para uma bateria novinha — embora não original da Apple, claro — que foi rapidamente instalada pelo próprio Gabriel e custou R$200.

Oficialmente, o macOS High Sierra é o último sistema da Apple a ser suportado pelo MacBook em questão, mas foi possível, através de um simples patch, criar um pendrive bootável que instalou o macOS Mojave na máquina sem maiores problemas. Todos os links, da bateria adquirida e das instruções para o patch, estão na descrição do vídeo.

No fim das contas, o singelo MacBook branco ficou surpreendentemente rápido e rodando o sistema mais novo da Apple de forma bem agradável — tudo com gastos totais de R$900. Obviamente, essa não é a solução ideal para todos os usuários, afinal, muita gente precisa de mais poder de processamento ou simplesmente não tem a paciência e a habilidade para ficar pesquisando componentes e computadores usados na internet. Ainda assim, fica a ideia: é possível “restaurar” máquinas já um tanto quanto antigas sem muito dinheiro. 😉

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Betas do iOS, macOS, watchOS e tvOS

Testes continuam com terceiras versões beta do iOS 12.2, do watchOS 5.2 e do tvOS 12.2 [atualizado 3x]

Próximo Artigo
Mochila do Apple Maps

Apple Maps ganha nova página de coleta de dados; mais recursos são expandidos

Posts Relacionados