O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple compra startup de aprendizado de máquina focada em conteúdo online

App da Laserlike, startup comprada pela Apple
Finado app da Laserlike

O caso de amor da Apple com aprendizado de máquina não é mais nenhuma novidade, com várias empresas da área adquiridas ao longo dos últimos anos e uma série de recursos e serviços utilizando esse tipo de técnica para um melhor funcionamento. Agora, sabemos que a Maçã tirou o escorpião do bolso mais uma vez recentemente para ampliar seus domínios na área.

Publicidade
App da Laserlike, startup comprada pela Apple
Finado app da Laserlike

Como trouxe o The Information, a Apple adquiriu a startup Laserlike, focada no desenvolvimento de aprendizado de máquina para oferecer sugestões de conteúdo online aos usuários. A compra ocorreu no fim do ano passado, porém foi confirmada apenas recentemente por um porta-voz da Maçã; não há, como de praxe, informações sobre o valor desembolsado pela empresa.

A Laserlike foi fundada em 2015 por quatro ex-engenheiros do Google; um aplicativo da empresa estava disponível para iOS e Android até o início deste ano. Nele, usuários podiam se inscrever e receber recomendações de conteúdo online, como notícias, vídeos e eventos locais — tudo com uma ajudinha da inteligência artificial para tornar as indicações mais precisas e ajustadas a cada um.

A Apple soltou o seu comunicado padrão, que efetivamente não diz nada, afirmando que “compra empresas menores de tempos em tempos e não discute os seus planos ou propósito”. De qualquer forma, é fácil imaginar que a aquisição da Laserlike está relacionada à plataforma News e a sua suposta expansão que a transformará num “Netflix de periódicos” — que, ao que tudo indica, será apresentada daqui a menos de duas semanas.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Fire TV Stick

Apple Music chega aos dispositivos Fire TV, da Amazon

Próximo Artigo
Delegação de emails no Spark

Spark ganha recurso de delegação de tarefas; Twitter e Google Drive recebem novidades

Posts Relacionados