O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPad Pro rodando jogo pesado graças ao chip A12X Bionic

“Netflix de jogos” da Apple também poderá ser apresentado no evento especial de amanhã

Muitos estranharam o fato de a Apple ter lançado vários produtos (iPads Air e mini, iMacs e AirPods) na semana passada, quando ela já havia marcado um evento especial para amanhã, dia 25.

Publicidade

Bem, tirando a pequeníssima possibilidade de vermos ainda mais hardwares sendo anunciados na keynote, a expectativa era de que a Apple usaria o tempo todo da apresentação para detalhar bem dois dos seus novos serviços: um de streaming de vídeo (que deverá ter duas vertentes) e um de assinatura de periódicos (revistas, jornais, etc.).

Se você ainda assim acha 1h30-2h de evento muito tempo para somente esses dois serviços, a Bloomberg acredita que na verdade serão três apresentados amanhã — e o terceiro seria justamente o “Netflix de jogos” da Apple, que pipocou em rumores há alguns meses e até ganhou um conceito criado por um leitor nosso.

A receita do novo serviço seria muito similar à dos outros: por uma taxa mensal, o usuário teria acesso irrestrito a um acervo de games para iPads/iPhones e, quem sabe, também Macs.

Publicidade

Segundo detalhes obtidos pela Bloomberg, a Apple não incluirá no pacote jogos “freemium” — aqueles que você baixa de graça mas precisa depois pagar por coisinhas internas. Entrariam nele somente games pagos, e os desenvolvedores seriam remunerados de acordo com o tempo gasto por cada assinante nos seus títulos.

Todavia, mesmo se a novidade vier a ser anunciada amanhã, dificilmente ela já estará pronta para uso. Acredita-se que ao menos um ou mais desses novos serviços só sejam de fato lançados aqui para o meio do ano ou final do terceiro trimestre. Veremos.

Os segredos do “Apple Video”

Em paralelo a tudo isso, mesmo já fechando alguns acordos para o seu novo serviço de streaming de vídeos, a Apple tem tentado manter quase a totalidade dos detalhes sobre ele atrás das cortinas.

De acordo com uma nova reportagem do Washington Post, mesmo as parceiras que já assinaram contrato com a Apple e executivos de Hollywood que estão trabalhando com ela não sabem exatamente como funcionará o sistema de distribuição de conteúdos próprios e de terceiros bolado pela empresa.

Publicidade

Uma fonte, por exemplo, cita que ouviu a possibilidade de usuários que pagaram pelo plano AppleCare terem acesso a pelo menos uma parte desse conteúdo gratuitamente.

O AppleCare, aliás, poderá ser uma peça importante de um futuro pacotão de assinatura comumente referenciado como “Apple Prime”. A ideia seria o consumidor pagar uma única taxa mensal à Maçã e ter espaço de armazenamento no iCloud, Apple Music, “Apple Video”, “Apple News” e quem sabe também esse “Apple Games”.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Angry Birds AR: Isle of Pigs, jogo da franquia com realidade aumentada

Novo jogo da franquia Angry Birds incorporará realidade aumentada

Próximo Artigo
Evento da Apple

Apple deverá cobrar US$10 mensais por cada canal de terceiros no seu serviço de vídeos

Posts Relacionados