O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iFixit desmonta os novos AirPods e… dá nota zero no quesito “reparabilidade”

AirPods desmontados pela iFixit
AirPods totalmente desmontados pela iFixit.

O que acontece quando um novo produto da Apple é lançado? Isso mesmo, a iFixit corre para colocar as mãos nele a fim de desmontar tudo e nos mostrar as entranhas tecnológicas criadas nos porões de Cupertino. E foi o que aconteceu com os novos AirPods (de segunda geração).

Publicidade

Esse trabalho da iFixit se destaca justamente nesses casos como dos AirPods, quando o novo produto tem um visual praticamente idêntico ao anterior mas vem com novidades internas. Sem mais delongas, vamos às novidades!

AirPods desmontados pela iFixit

Eis um raio-X dos AirPods, no qual é possível ver ali a ponta da bobina responsável pelo carregamento sem fio. Como falamos, visualmente quase nada mudou; o estojo, porém, ficou 2,3 gramas mais pesado por conta do carregamento sem fio.

AirPods desmontados pela iFixit

Talvez, como forma de diferenciação das cases, a pecinha de metal da case com recarga sem fio tem um visual mais escovado; além disso, o botão de emparelhamento foi deslocado mais para cima (provavelmente por conta da nova organização interna dos componentes do estojo).

AirPods desmontados pela iFixit

É incrível — e isso não se resume à Apple, mas a qualquer fabricante que cria fones de ouvido sem fio desse tamanho — como os engenheiros conseguem colocar tantos componentes dentro de algo tão pequeno. Apenas como referência, os AirPods são identificados pelos modelos A2031 (AirPod esquerdo) e A2032 (direito).

AirPods desmontados pela iFixit

Dentro da case, podemos ver o modelo do produto em si (A1938) e a indicação da capacidade da bateria do estojo, de 398mAh.

Ao abrir um dos AirPods, vemos cabos flexíveis, antenas, microfones o chip H1 e tudo mais cuidadosamente encaixado como quebra-cabeça e fixado com cola.

Por mais que o estojo conte com capacidades de recarga sem fio (o que aumenta o número de componentes internos), a bateria utilizada pela Apple é exatamente a mesma encontrada no estojo de primeira geração — modelo A1596; 3,81V, 398mAh e 1,52Wh (maior que a encontrada nos Samsung Galaxy Buds, de 1,03Wh, e do que a utilizada no Apple Watch Series 4 de 42mm, de 1,113Wh).

Eles notaram que a placa lógica, porém, está um pouco mais “melecada”, como se fosse um revestimento — provavelmente para ajudar na resistência à água; o porta de carregamento continua modular; o botão de sincronização agora tem dois pontos de solda adicionais para as extremidades da bobina de carregamento sem fio; por falar nela, aí está a nova bobina junto a uma tapete térmico para manter a temperatura sob controle.

AirPods desmontados pela iFixit

De uma forma geral, a iFixit comentou que a case está um pouco modificada e se tornou mais durável (principalmente a mergulhos inesperados), o que é diferente de reparável (algo basicamente impossível nesse produto). O produto continua sendo descartável e, por isso, ganhou uma nota 0 no quesito “reparabilidade” — comparativamente, os Galaxy Buds conseguiram uma incrível nova 6/10.

Aos interessados, eis um vídeo de todo o teardown:

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Trial do Apple Music no Brasil

Período experimental do Apple Music no Brasil agora é de apenas 1 mês

Próximo Artigo
Pretzel News

Promoções do dia na App Store: Pretzel News, Yeti Pie, Enigmatis 3 e mais!

Posts Relacionados