O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

IDC estima queda anual de 30% nas vendas de iPhones; Huawei supera a Apple [atualizado 2x: Canalys fala em 23%, IHS em 16%]

IDC sobre smartphones

Ontem à noite, a Apple divulgou seus resultados financeiros referentes ao segundo trimestre fiscal de 2019, mas ela não mais informa quantos produtos vendeu por unidades — apenas divide os segmentos por receita. Desta forma, não temos como saber oficialmente quantos iPhones foram vendidos de janeiro a março.

Publicidade

O que sabemos, pelos números, é que o iPhone teve uma queda anual de 17,3% em receita (totalizando US$31,1 bilhões). E, como toda a linha está agora mais cara, é natural que a queda anual em unidades tenha sido (bem) mais acentuada que isso.

Com base em pesquisas de mercado, a International Data Corporation (IDC) estima exatamente isso: no primeiro trimestre de 2019, a Apple teria vendido 36,4 milhões de iPhones — o que representaria uma retração anual de incríveis 30,2%.

IDC sobre smartphones

A Samsung, a Xiaomi e a OPPO também tiveram quedas anuais em suas vendas, de respectivamente 8,1%, 10,2% e 6%. Quem disparou positivamente foi a Huawei, 50,3%, seguida pela Vivo com 24%. No geral, porém, o mercado de smartphones como um todo retraiu-se 6,6% neste início do ano.

Publicidade

A queda da Apple somada à disparada da Huawei, obviamente, fez com que elas duas trocassem de posição no ranking. Se a chinesa continuar nesse ritmo, poderá inclusive ameaçar a liderança da Samsung num futuro não muito distante.

IDC sobre smartphones

De janeiro a março, a IDC estima que todas as fabricantes juntas venderam um total de 310,8 milhões de smartphones. É o sexto trimestre consecutivo de queda no segmento.

via MacRumors

Atualização 01/05/2019 às 14:58

Agora foi a vez da Canalys de publicar o seu levantamento, e ele traz alguns números bem diferentes dos da IDC.

Canalys sobre smartphones

As duas firmas quase concordam na queda geral do segmento de smartphones, diferindo por apenas 0,2 ponto percentual — embora a Canalys cite um total maior, de 313,9 milhões de aparelhos comercializados no período.

Publicidade

A Canalys, porém, aponta uma queda maior em vendas da Samsung (-10%) e quedas bem menores da Apple (-23,2%, totalizando 40,2 milhões de iPhones vendidos) e da Xiaomi (-1,3%). Já a OPPO, que para a IDC caiu de um ano para cá, subiu 6,4% na pesquisa da Canalys.

Vai entender.

via TechCrunch

Atualização II 03/05/2019 às 08:30

Isso que dá, a Apple não divulgar mais os números oficiais de vendas de iPhones. Agora foi a vez da IHS de divulgar a sua pesquisa (via 9to5Mac), e ela aponta uma queda anual da Maçã ainda menor que a da Canalys.

IHS sobre smartphones

O total do mercado não ficou muito diferente das outras (queda anual de 6,3%, para 323,8 milhões de smartphones vendidos no trimestre), mas a IHS diz que a Apple vendeu 43,8 milhões de iPhones — o que representaria uma queda anual de “apenas” 16%. É quase a metade da aposta da IDC.

Também tivemos variações aqui e ali nas outras marcas, mas o consenso entre todas é que a Samsung teve uma retração de 8-10% e que a Huawei realmente disparou em um ano.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
microLED

Foxconn estaria investindo pesado em telas microLED para futuros iPhones

Próximo Artigo
Gráfico de confiabilidade em empresas de tecnologia

Privacidade: maioria dos consumidores não confia em empresas, nem mesmo na Apple

Posts Relacionados