O melhor pedaço da Maçã.

Tim Cook promove novo app de AR da Estátua da Liberdade

App da Estátua da Liberdade

Já pensou, ter o símbolo da cidade de Nova York dentro da sua sala? Falo, naturalmente, da Estátua da Liberdade — uma das obras mais conhecidas ao redor do mundo, localizada na Ilha da Liberdade. Recentemente, o monumento nova-iorquino foi transposto para as telas dos dispositivos móveis a partir de um novo app de realidade aumentada (augmented reality, ou AR).

Publicidade

Desenvolvido pela Fundação Estátua da Liberdade em parceria com a agência de tecnologia Yep Studio, o app levou pouco mais de um ano para ser finalizado, devido ao tempo de digitalização de todos os detalhes da “Lady Liberty”. O app oferece uma visão em time-lapse do horizonte de Manhattan pela perspectiva da estátua e um olhar mais aprofundado da sua história.

Como publicado pela Vogue, o software servirá como plataforma digital para o lançamento de algo maior (literalmente): o Museu da Estátua da Liberdade, que será inaugurado na quinta-feira próxima, perto do porto da Ilha da Liberdade. O projeto foi encabeçado pela designer Diane von Fürstenberg e seu marido, Barry Diller, que arrecadaram mais de US$100 milhões para a construção.

Por trás de todas essas novidades está a Apple, uma das doadoras do projeto da designer americana. De acordo com o relato de von Fürstenberg, ela conheceu o CEO1Chief executive officer, ou diretor executivo. da Maçã, Tim Cook, durante a produção de um documentário da HBO sobre a Estátua da Liberdade e sugeriu a ideia de oferecer uma “experiência à la Apple” aos visitantes de Nova York quando fossem à Ilha.

Recursos AR do app da Estátua da Liberdade

Eu conheci as pessoas que desenvolvem aplicativos e começamos a criá-lo, sem saber onde tudo iria acabar. A fundação criou esse aplicativo que atingirá centenas de milhões de pessoas. Será a maior abertura de um museu de todos os tempos!

Ontem, o executivo da Maçã promoveu o app no Twitter e disse que isso é só o início de uma transformação movida pela tecnologia, destacando os recursos de AR.

Publicidade

Publicidade

O aplicativo da Estátua da Liberdade é apenas o começo de como a AR transformará a maneira como nos conectamos com os tesouros do mundo. Obrigado @DVF e @StatueEllisFdn pelo seu trabalho para preservar um dos maiores e mais inspiradores símbolos da América. 🗽

Para aqueles que planejam visitar a Estátua da Liberdade, o aplicativo também apresenta uma seção de turnê de áudio, narrada por von Fürstenberg. O software é movido pelo MapKit da Apple para ativar o mapeamento interno que, por sua vez, aciona o áudio no aplicativo. Há links de áudio para 15 pontos ao redor da Estátua da Liberdade e 20 no museu, além de passeios dedicados para as crianças.

Além do novo app e do próspero museu, a designer revelou que será lançado ainda um novo podcast chamado “Raising the Torch” sobre o monumento. O programa contará com diferentes historiadores discutindo o contexto histórico e o passado da Estátua.


Desculpe, app não encontrado.

via MacRumors

Notas de rodapé

  • 1
    Chief executive officer, ou diretor executivo.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

iPhone XS Max fica na lanterna em testes de performance 4G/LTE

Próx. Post

Apple libera primeiras versões beta do iOS 12.4, do macOS Mojave 10.14.6, do watchOS 5.3 e do tvOS 12.4

Posts Relacionados