O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Dashboard do Mac

O Dashboard também está morrendo no macOS Catalina

Quem não chegou tão recentemente ao mundo Mac deve lembrar bem do Dashboard, um ambiente à parte do sistema operacional onde usuários podiam instalar e posicionar inúmeros widgets com funções das mais variadas — calculadora, conversor, previsão do tempo, notas em estilo Post-it, mini-calendário e por aí vai.

Publicidade

O Dashboard surgiu no Mac OS X 10.4 Tiger, em 2005, e até então quando invocado aparecia numa camada sobre tudo na tela. No Mac OS X Lion 10.7, em 2011, ele passou a funcionar “lateralmente”, como um Space à parte. Já no OS X Yosemite 10.10, em 2014, foi desabilitado por padrão no sistema operacional — mas ainda existia nele.

A partir deste ano, com o macOS Catalina 10.15, o Dashboard está morrendo de vez — até porque, imagino eu, boa parte dele era ainda escrita 32 bits, e o novo macOS será totalmente 64 bits.

Conheço gente que até hoje usa e gosta do Dashboard (*cof* Edu *cof), mas a morte dele era mais do que natural e esperada. Todos os widgets que ainda existem foram criados e desenvolvidos há anos, e a Apple inclusive abandonou a “loja” de widgets pro Dashboard há muito tempo. É hora de seguir em frente.

Publicidade

Para quem tem inúmeras anotações registradas no Dashboard, não há com o que se preocupar: elas serão automaticamente importadas para o app Anotações do macOS (que também é antigo à beça, vale notar).

O substituto mais próximo que existe hoje no macOS ao Dashboard é a própria Central de Notificações lateral, que conta com “widgets” na aba Hoje. O conceito é bem diferente, mas na prática várias coisas funcionam de forma similar.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Twitter rodando no macOS Catalina graças ao Projeto Catalyst

Saiba mais sobre o Projeto Catalyst, que diminui o vão entre o macOS e o iOS

Próximo Artigo
App Buscar (Find My)

Como funciona o app Buscar (Find My), que localiza até dispositivos offline [atualizado: mais detalhes]

Posts Relacionados