O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple TV

Apple TV poderá cair para último lugar entre dispositivos de streaming em breve

Por muitos anos, a Apple TV foi publicamente classificada como um “hobby” dentro da Apple — isto é, um projeto que não dava muito dinheiro nem particular prestígio à Maçã, mas ainda assim era desenvolvido pela simples satisfação da empresa em fazê-lo e para expandir, ainda que lentamente, os domínios da iTunes Store.

Publicidade

Anos depois, a conversa é outra: a Apple TV é, hoje, um produto competitivo, com altas doses de marketing por parte da sua fabricante e uma vindoura plataforma de streaming própria que promete colocá-lo entre os grandes competidores do segmento. As ambições da Apple, entretanto, talvez precisem ser ajustadas.

Segundo uma pesquisa da Strategy Analytics, a Apple está na parte de baixo do mercado americano de dispositivos televisivos conectados — o que abrange todas as set-top boxes inteligentes, como a Apple TV, além de consoles que acessam plataformas de streaming ou mesmo sistemas de Smart TVs. Pior: na previsão da firma, a Maçã poderá cair para a lanterna do grupo até o fim do ano.

A Roku continua liderando o mercado com folga: a fabricante vem numa crescente vertiginosa desde o início das pesquisas da Strategy Analytics e não largou o primeiro lugar desde que o conquistou, no primeiro trimestre do ano passado. Atualmente, existem cerca de 41 milhões de plataformas Roku ativas no mundo, entre dispositivos físicos da companhia e TVs equipadas com o seu sistema; a empresa tem uma folga de 36% sobre a plataforma vice-líder, dos consoles PlayStation, da Sony, e poderá expandir essa vantagem para a casa dos 70% até o fim do ano.

Mercado de dispositivos televisivos conectados, Strategy Analytics

Seguindo o “ranking”, temos as Smart TVs com sistema Tizen, da Samsung, os consoles Xbox, da Microsoft, os Chromecasts e dispositivos Android TV do Google, os Amazon Fire TV e até mesmo os consoles da Nintendo. Só então chegamos à Apple, na parte de baixo do levantamento, colada com as TVs da LG rodando webOS.

Publicidade

Vale notar que os números referem-se somente aos Estados Unidos, mas, considerando que estamos falando do mercado principal da Apple e sua principal área de influência, é de se considerar que a empresa esteja vendo uma performance ainda pior em outras áreas importantes, como a Europa ou a China.

Interessante notar as previsões da Strategy Analytics para os próximos trimestres: segundo a firma, a Roku continuará crescendo com força, enquanto a Nintendo subirá ainda mais e o webOS terá um leve crescimento que o fará superar a Apple — colocando a Maçã, portanto, na lanterna do mercado de dispositivos televisivos conectados, com cerca de 12 milhões de Apple TVs ativas.

Publicidade

Ao divulgar essas previsões, a firma já leva em conta, naturalmente, a chegada próxima do Apple TV+ — ou seja, na visão da Strategy Analytics, a nova plataforma de streaming da Maçã não será de grande valia para expandir a influência da Apple TV no seu território. Mas isso, claro, só será comprovado com o tempo — vamos aguardar para ver.


Apple TV 4K

Apple TV 4K

de Apple

Preço à vista: a partir de R$ 1.169,10
Preço parcelado: em até 12x de R$ 108,25
Lançamento: setembro de 2017 (5ª geração)

Botão - Comprar agora

via Apple World Today

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Chip A12 Bionic, da Apple

Apple contrata arquiteto destacado da ARM, reacendendo rumores de abandono dos chips Intel

Próximo Artigo

Apple deverá investir US$100 milhões na fabricante Japan Display [atualizado: confirmado]

Posts Relacionados