O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple Park
The New York Times

US$4,17 bilhões: Apple Park está entre os prédios mais valiosos do mundo

Não que a Apple planeje vendê-lo em algum momento no futuro visível, claro

Já falamos aqui, há cerca de dois anos, sobre a quantia astronômica investida pela Maçã na construção do Apple Park: US$5 bilhões, o que o colocou, à época, como o terceiro edifício mais caro do mundo.

Publicidade

Há uma diferença, entretanto, entre valor de construção e valor de mercado — enquanto o primeiro refere-se à quantia exata gasta por uma pessoa ou empresa para erguer alguma coisa, o segundo quantifica o valor daquele edifício caso o seu dono resolva vendê-lo. Obviamente, a Maçã não pretende vender o Apple Park nem pretenderá fazê-lo por muito tempo, mas nem por isso a construção deixa de ser uma das mais valiosas do mundo.

O San Francisco Chronicle fez um levantamento para estimar o valor de mercado do Apple Park e chegou a um número impressionante: US$4,17 bilhões. O valor se refere a toda a construção do terreno e tudo nele incluso, como mobiliário, equipamento, paisagismo e o que o valha. O Condado de Santa Clara, que leva em conta somente a construção em si, avalia o Apple Park em US$3,6 bilhões para pagamento de impostos.

Aliás, que impostos: com as taxas de propriedade do condado girando em torno de 1%, estima-se que a Apple pague cerca de US$40 milhões anualmente ao Estado. Isso, claro, considerando o valor cheio — naturalmente, uma construção desse tipo envolve uma série de benefícios fiscais e contrapartidas, como já tratamos em vários outros artigos.

Publicidade

O fato é que, a US$4,17 bilhões, o Apple Park fica facilmente entre os dez edifícios mais valiosos do mundo. O detentor do título continua a ser, séculos depois, a Grande Mesquita de Meca, na Arábia Saudita, estimada em cerca de US$100 bilhões(!), e o segundo lugar também fica na cidade sagrada do Oriente Médio — trata-se do complexo de arranha-céus Abraj Al Bait, avaliado em cerca de US$15 bilhões.

Quando for inaugurado, o complexo de fusão nuclear do projeto ITER (localizado em Saint-Paul-lès-Durance, na França) também entrará para esse seleto grupo, com um valor estimado em US$25 bilhões. Outros prédios no Top 10 incluem o One World Trade Center, em Nova York (US$3,8 bilhões) e a Salesforce Tower, em San Francisco (US$1,7 bilhão).

Sobre essa última, aliás, o San Francisco Chronicle tem um dado interessante: mesmo tendo 57 andares, o arranha-céu tem somente cerca de metade da área para escritórios do Apple Park, de somente quatro pavimentos. Claro, o prédio da Maçã é instalado num terreno dezenas de vezes maior, mas a informação deixa claro como o aproveitamento de espaço e a arquitetura inteligente são fatores importantes na valoração de um edifício.

Publicidade

Outro ponto curioso: o terreno do Apple Park tem metragem equivalente à metade da área ocupada pelo Pentágono em Arlington, Virginia — com a diferença óbvia de que o Exército dos EUA não paga impostos. 😛

via Cult of Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Jogo de realidade aumentada Minecraft Earth

Mojang abre inscrições para período de testes de Minecraft Earth

Próximo Artigo
Capa do podcast #330

MacMagazine no Ar #330: novo visual do site, MacBooks Air/Pro atualizados, iPhone com notch menor e mais!

Posts Relacionados