O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Bandidos invadem Apple Stores australianas com marreta e levam R$850 mil em iPhones

O fenômeno dos roubos-relâmpago chegou ao hemisfério sul
Roubo a Apple Store na Austrália

A onda de roubos a Apple Stores tem sido grave e frequente, mas até o momento restrita a localidades dos Estados Unidos. Bom, agora parece que o fenômeno está viajando para latitudes mais baixas: na Austrália, um grupo invadiu duas lojas da Maçã e levou o equivalente a R$850 mil em iPhones e outros dispositivos — o que, em valores absolutos, traduz-se em um dos roubos mais onerosos dessas ocorrências recentes.

Publicidade

As informações são do ABC Australia: um grupo de seis bandidos invadiu, inicialmente, a Apple Perth City, na cidade de mesmo nome. Às 2h15 da terça-feira (horário local), eles quebraram um dos vidros da fachada com uma marreta e tentaram entrar numa área fechada da loja, mas foram avistados e fugiram sem levar nada.

Cerca de uma hora depois, então, o grupo chegou a outra loja — a Apple Garden City, em Booragoon, subúrbio de Perth — e quebrou um dos vidros da fachada com a mesma marreta. Com armas brancas, os bandidos ainda ameaçaram alguns seguranças que tentaram impedi-los, e roubaram uma grande quantidade de produtos expostos, avaliados em AU$300.000 (cerca de R$845.000) — em grande parte iPhones, mas também outros dispositivos da Maçã.

Na manhã seguinte, foram encontrados incendiados dois carros ligados à ação, mas a polícia local ainda não conseguiu ter informações sobre os suspeitos. A investigação está em curso com base nas gravações das câmeras de segurança, depoimentos de testemunhas e um pedido da polícia de que qualquer pessoa com informações contate a instituição para esclarecimentos.

Publicidade

Que situação, hein?

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Siri no iPhone

Ex-chefe da Siri entra para a Microsoft; executivo de marketing da Apple vai para a Huawei

Próximo Artigo
Firefox

Em breve, Firefox consumirá até 3x menos bateria no macOS

Posts Relacionados