O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Após críticas, “Sign in with Apple” passa a incorporar protocolo OpenID Connect

Sign in with Apple

O “Sign in with Apple” (“Iniciar sessão com a Apple”) foi apresentado no pacote de novidades do iOS 13, como uma forma mais segura e privativa de fazer login em diversos aplicativos e sites. Em vez de entrar nos serviços com suas contas do Google ou do Facebook, a Apple promete um login sem rastreamentos, em que o usuário sempre saiba exatamente o que está sendo compartilhado.

Publicidade

Ainda assim, o recurso não ficou imune às críticas: a Fundação OpenID afirmou que o “Sign in with Apple” poderia apresentar alguns riscos de segurança e privacidade por não trazer conformidade com os padrões da instituição — em outras palavras, por ser um padrão fechado, o recurso da Maçã não poderia ter sua confiabilidade atestada por terceiros. Bom… aparentemente, a Apple levou as críticas em consideração.

Em um post publicado recentemente no blog da OpenID, o presidente da fundação, Nat Sakimura, cumprimentou a Apple por incorporar o protocolo OpenID Connect no “Sign in with Apple”. Nas palavras dele:

Nós aplaudimos os esforços da sua equipe para rapidamente resolver as questões críticas de segurança e compatibilidade que identificamos — e implementá-las enquanto o “Sign in with Apple” ainda está em fase de testes. Agora, os usuários não mais estarão limitados em relação aos serviços em que podem usar o recurso, e podem ter total confiança em sua segurança e privacidade.

Mais especificamente, o OpenID Connect é uma “camada de identidade” que se sobrepõe ao protocolo OAuth 2.0, utilizado pela Apple. Com ele, um servidor de autorização é utilizado para verificar a identidade do usuário, tornando o processo mais seguro e rápido.

Publicidade

Sakimura nota que, apesar de a Apple ter cedido em alguns dos pedidos da fundação, a implementação do “Sign in with Apple” ainda não é perfeita. A OpenID ainda gostaria de ver, por exemplo, a Maçã disponibilizar um documento de descoberta, para que softwares e serviços já existentes incluam o recurso com mais facilidade — coisa que, pelo visto, a gigante de Cupertino não tem planos de fazer.

via Apple World Today

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Selfie com bebê

App pode descobrir sinais de doenças nos olhos de crianças antes mesmo de médicos

Próximo Artigo

Vídeo: capturando fotos fora da moldura no iPhone 11

Posts Relacionados