O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Engenheiro da Apple dá detalhes sobre o recurso de autocompletar códigos no Safari

Spoiler: não, ele não é igual ao do Android
Recurso de autocompletar códigos do Safari

Uma funcionalidade do iOS 12 que é pouco lembrada mas é uma mão na roda em uma série de momentos é o recurso de autocompletar códigos. É ele o responsável por “capturar” o código em um processo de autenticação de dois fatores (quando você está na tela de login de algum serviço, por exemplo, e recebe uma SMS com um código para acessá-lo) e colocá-lo nas sugestões do teclado, pronto para ser usado sem que você tenha que gravar nada.

Publicidade

O engenheiro de software da Maçã Ricky Mondello, ao responder a um usuário do Twitter que agradecia os criadores do recurso, resolveu contar alguns detalhes sobre o seu processo de desenvolvimento. De acordo com ele, a ideia da funcionalidade veio de um pequeno grupo de engenheiros na Apple que, originalmente, trabalhava num projeto o qual eles consideravam “muito mais ambicioso” — e que ele não especificou.

O tal do projeto ambicioso acabou não indo à frente, mas fez com que o grupo pensasse em um recurso que autocompletasse códigos enviados por SMS. Mondello classificou a mudança de foco como “difícil”, mas disse que hoje fica feliz em pensar que o redirecionamento aconteceu — porque “o resultado veio da ideia, do trabalho em equipe e da execução”, nas palavras do desenvolvedor.

Mesmo uma belíssima ideia ainda é só uma ideia. Ideias são obviamente muito importantes — elas são necessárias, mas não suficientes. Aqui, o resultado final veio da ideia, do trabalho em equipe e da execução.

Anos depois, eu ainda me sinto muito orgulhoso da equipe por ter feito o recurso funcionar. Nós combinamos experiências de várias áreas para criar uma mágica que já funcionava no primeiro dia, sem pedir nada dos desenvolvedores de apps e sites, sem fornecer suas mensagens de texto a ninguém. Isso ainda me inspira!

Monello adiciona que a implementação do recurso no iOS/macOS é diferente daquela adotada pelo Android — o sistema do robozinho, em certos casos, captura automaticamente o código enviado por SMS e já o aplica no campo em questão como uma versão automática do recurso de copiar/colar. Segundo o desenvolvedor, essa não é a melhor abordagem, pois representa problemas de privacidade e segurança.

Que bom, então, que deu tudo certo, não?

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Grupo do MM Tour VIII na Apple de Infinite Loop

Estão abertas as inscrições para o MM Tour IX! [atualizado: fechadas!]

Próximo Artigo
Apple TV no Amazon Fire TV Stick

Aplicativo Apple TV é lançado para o Amazon Fire TV Stick

Posts Relacionados