Contrariando a maioria dos rumores até o momento, o The Information publicou hoje uma reportagem1 na qual infere que o primeiro headset de AR2 da Apple será lançado apenas em 2022, seguido por um outro modelo, menor, o qual supostamente será anunciado em 2023 e poderá ser usado “o dia todo”.

Publicidade

De acordo com a notícia, essas (possíveis) datas de lançamento foram compartilhadas pelos executivos da Maçã em uma apresentação interna para, pelo menos, 1.000 funcionários da companhia em outubro passado, — a qual teria sido liderada pelo recém-nomeado chefe de AR/VR da Apple, Mike Rockwell.

Como deu para notar, o The Information falou sobre dois gadgets diferentes: o primeiro deles seria um headset maior, “semelhante ao Oculus Quest”, do Facebook. De acordo com as informações, esse dispositivo poderá criar um ambiente virtual com o qual o usuário interagirá, o que de certa forma já é oferecido em produtos de outras fabricantes.

Já o segundo dispositivo seria, de fato, mais avançado e pareceria com uns óculos (ou quase isso), ou seja: menor e mais fácil de ser usado “por longos períodos de tempo”. Além disso, esse gadget seria, alegadamente, capaz de realizar tudo o que o modelo anterior fará, além de poder “mapear superfícies, bordas e dimensões de maneira mais precisa do que outras opções existentes”.

Para ilustrar esses recursos, os participantes da reunião de outubro assistiram a uma demonstração na qual uma máquina de café virtual foi colocada em uma mesa de cozinha real, cercada por pessoas em uma sala. Ao ser colocada no ambiente, a imagem das pessoas em torno da máquina de café foram ofuscadas para destacá-la.

Ainda segundo a reportagem, o codinome desse gadget seria N421, diferentemente do registro T288 que vinha sendo especulado. Com isso, não se sabe qual dispositivo (o maior ou o menor) seria, de fato, o famigerado “Apple Glass”.

É possível relacionar as informações publicadas pelo The Information aos rumores divulgados recentemente sobre uma possível parceria entre a Apple e a Valve no desenvolvimento desse headset, o que tornaria a viabilidade do primeiro gadget ainda maior.

Por outro lado, há muitas evidências demonstrando que esse dispositivo poderá ser lançado no ano que vem, como divulgado pelo analista Ming-Chi Kuo, por Mark Gurman (da Bloomberg) e pelo desenvolvedor Guilherme Rambo — então, nesse ponto, há mais desencontros do que felizes coincidências.

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…