O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Novo MacBook Pro de 16″ tem o mesmo poder de processamento do modelo “antigo”

Novos processadores Intel de oitava geração

O novo MacBook Pro de 16 polegadas está entre nós. Além de uma tela um pouco maior, ele traz algumas novidades internas como um novo mecanismo para o teclado, placas gráficas mais parrudas, entre outras coisas. Como sempre acontece, já pintaram por aí alguns benchmarks das novas máquinas no repositório Geekbench.

Publicidade

É sempre bom lembrar que esse tipo de avaliação foca no desempenho do processador, sem levar em conta outros aspectos/componentes. Ainda assim, não deixa de ser uma boa saber como está o poder da CPU1, não é mesmo?

Em um dos testes (utilizando o processador Core i9 de 9ª geração com oito núcleos e 2,3GHz, quem vem no modelo topo-de-linha), o MacBook Pro atingiu uma pontuação single-core de 1.134 e multi-core de 6.820.

Em maio passado, quando atualizou o MacBook Pro de 15 polegadas pela última vez, o benchmark da máquina (também com um processador Core i9 de oito núcleos e 2,3GHz) apresentou uma pontuação de núcleo único de 5.879, enquanto a de multi-núcleos ficou em 29.184.

Publicidade

Você deve estar pensando: como assim? O modelo que foi descontinuado era (muito) melhor?! Não. Eu explico.

A metodologia do teste mudou. No Geekbench 4, eles utilizavam um Microsoft Surface Book com um processador Intel Core i7-6600U e pontuação 4.000 como base; no Geekbench 5, passaram a usar um Dell Precision 3430 com um processador Core i3-8100 e uma pontuação de 1.000 como referência. Desta forma, é normal vermos as pontuações de agora sendo 75-80% menores.

Pegando um resultado atual do MacBook Pro de 15″, temos as seguintes pontuações: 1.130 (single-core) e 6.689 (multi-core). O seja, ignorando pequenas oscilações que são completamente normais, estamos falando do mesmíssimo desempenho no que diz respeito ao processador (até porque, ele continua o mesmo). A grande diferença do MBP de 16″ está em outros fatores, como novas opções de GPU2, até 64GB de RAM e até 8TB de espaço para armazenamento.

E bom frisar que, segundo a Apple, a arquitetura de controle de temperatura avançada do novo computador permite que o processador entregue desempenho superior por períodos mais longos. Em outras palavras: você pode usar e abusar do poder de processamento da máquina que ela conseguirá manter a temperatura controlada, fazendo com que a CPU consiga trabalhar utilizando todo o seu potencial por mais tempo. Resta saber se a Apple realmente cumprirá essa promessa. 😉

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Chip da Intel

Novos chips da Intel continuam sofrendo com falha antiga

Próximo Artigo

Apple lança novas cores de pulseiras do Watch e cases para iPhones 11 Pro

Posts Relacionados