O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple TV+: Dane DeHaan se junta ao elenco de “Lisey’s Story”; produtor acusado de assédio se defende

Temos também uma nova featurette de “Truth Be Told”

Mais uma semana, mais uma leva de notícias sobre o Apple TV+ — e hoje temos de tudo, incluindo a contratação de um novo talento e uma nova featurette.

Publicidade

Vamos dar uma olhada nas novidades, então?

Dane DeHaan

A primeira notícia do dia está relacionada à série “Lisey’s Story”, baseada no romance homônimo de Stephen King. De acordo com o Deadline, o ator Dane DeHaan (“Valerian e A Cidade dos Mil Planetas”) foi contratado para desempenhar um dos papéis principais da produção, junto aos protagonistas Julianne Moore (“Para Sempre Alice”) e Clive Owen (“Closer”).

DeHaan interpretará Jim Dooley, um grande fã do trabalho do finado escritor Scott Landon (Owen) que se envolve na publicação do seu material ainda não lançado. A história, como se sabe, se passará em duas épocas e acompanhará tanto a trajetória de Scott quanto a de Lisey (Moore), sua esposa, que após a morte do marido começa a descobrir segredos há muito enterrados.

King atuará como roteirista da série, que será dirigida pelo cineasta Pablo Larraín (“Jackie”). O escritor também atuará como produtor executivo, junto a Moore. Ainda não há informações sobre gravações ou data de estreia.

Featurette de “Truth Be Told”

Enquanto isso, a Apple liberou a primeira featurette de “Truth Be Told”, série de mistério estrelando Octavia Spencer (“Histórias Cruzadas”) e Aaron Paul (“Breaking Bad”). O vídeo entremeia cenas da produção com declarações da equipe e do elenco; confiram:

“Truth Be Told” estreará no Apple TV+ no dia 6 próximo.

Coprodutor de “The Banker” se defende

Por fim, mais um capítulo da polêmica envolvendo o filme “The Banker”, que teve sua estreia adiada indefinidamente pela Apple após acusações graves direcionadas ao coprodutor (e filho de um dos personagens principais do filme) Bernard Garrett Jr.

Bernard Garrett Sr. (personagem de Anthony Mackie) à direita

Ao Deadline, Garrett Jr. se declarou inocente das acusações, feitas por duas de suas irmãs, de que ele teria assediado sexualmente as duas quando elas eram crianças e ele tinha 15 anos. O coprodutor afirmou ainda que seu pai, Bernard Garrett Sr. (interpretado no filme por Anthony Mackie), cedeu a ele os direitos para a adaptação da sua história, e não à sua irmã Cynthia.

O depoimento de Garrett Jr. pode ser lido abaixo na íntegra:

Publicidade

Minhas meias-irmãs Cynthia e Sheila me acusaram de molestá-las no início dos anos 1970, quando eu era um adolescente de cerca de 15 anos. Isso simplesmente nunca aconteceu. Ponto. O que aconteceu foi que eu contei a meu pai quando descobri que a mãe delas, Linda, estava o traindo, e elas sempre me culparam pela separação deles. O que aconteceu foi que Cynthia pediu a meu pai — duas vezes — que ele a desse os direitos para fazer um filme sobre a história da vida dele, e duas vezes ele negou, preferindo em vez disso ceder esses direitos a mim e a um amigo meu. Essas acusações contra mim são profundamente humilhantes e frustrantes porque eu nunca poderei provar o quão falsas elas são. Eu só espero que as pessoas mantenham as mentes abertas, e por mais que eu perdoe minhas irmãs e não deseje nenhum mal a elas, eu espero que as pessoas tenham consciência de quem Cynthia é — e o porquê de ela fazer essas acusações agora — antes de tomar as palavras dela como verdade absoluta. Quanto a mim, o melhor que eu posso fazer é remover meu nome do filme e sair de cena para não manchar o legado do meu pai, já que honrar o seu legado e o que ele defendia é o que eu sempre quis fazer.

A Apple não se pronunciou após a declaração de Garrett Jr., e não se sabe se a retirada do nome dele dos créditos do filme mudará alguma coisa na decisão da Maçã de adiar a estreia do filme. Nós, claro, ficaremos atentos.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Indicação do Deep Fusion no app Metapho

App informa se foto foi tirada ou não com o Deep Fusion

Próximo Artigo
Bandeira da Irlanda

Políticos irlandeses recebem ameaças após cancelamento de data center da Apple

Posts Relacionados