O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Protótipo raro de Macintosh vai a leilão por preço estimado em R$650 mil

Só existem dois desse no mundo inteiro
Protótipo de Macintosh com drive de disquete "Twiggy"

Nota algo de “errado” no Macintosh acima? Pois olhe de novo: essa belezinha está sendo leiloada agora mesmo no site da agência britânica Bonhams, e tem valor estimado entre £94.000 e £140.000 (ou R$650 mil, na média).

Publicidade

Por que o valor tão elevado, você está se perguntando? Bom, dê uma olhada no drive de disquete na máquina: temos aqui espaço para um disquete de 5¼ polegadas, conhecido como “Twiggy”. Como bem se sabe, a versão final do Macintosh alterou esse drive para acomodar um disquete “comum” de 3½ polegadas — aquele que virou o padrão da indústria até ser substituído pelos CDs e pendrives.

O protótipo que está sendo leiloado é apenas um de dois existentes atualmente no mundo; todos os outros modelos foram destruídos ou perdidos no tempo — de fato, Steve Jobs em pessoa mandou destruir a maioria deles, já que saiu do lendário cofundador da Apple a decisão de trocar o drive de 5¼” pelo de 3½”.

Quem conhece detalhes sobre a história da Maçã certamente lembrará que o drive para disquetes “Twiggy” foi o que equipou o Apple Lisa durante a (curta) vida da máquina. O formato, entretanto, nunca caiu no gosto popular por problemas de confiabilidade e durabilidade (o que motivou a decisão de Jobs de abandonar o formato no projeto do Macintosh).

Publicidade

O raríssimo Macintosh é de propriedade do CEO da Encore Systems desde a sua construção, no início dos anos 1980, e foi utilizado na empresa para o desenvolvimento do MacWrite (o revolucionário processador de texto que, junto ao MacPaint, tornou o Mac um relativo sucesso). Ou seja, além da curiosidade do drive diferente, temos aqui uma máquina incrustada de história por si própria.

Vale notar que o pacote inclui ainda o teclado e mouse originais do Macintosh, além de alguns disquetes de programas. O computador está em perfeito estado, porém ligeiramente amarelado — o que pode ou não ser um motivo de barganha, caso você tenha interesse.

Leilão de disquete

Acharam que essa era a única notícia do dia relacionada à Apple, leilões e mídias físicas antigas? Pois acharam errado: a RR Auction já está aceitando lances para um disquete autografado por Steve Jobs em pessoa — com valor estimado em cerca de US$7.500 (aproximadamente R$32 mil).

Disquete do Macintosh System Tools autografado por Steve Jobs

A mídia em questão traz uma cópia da versão 6.0 do Macintosh System Tools, pacote de utilitários e softwares para o Mac OS Classic. Vejam a descrição do item — e deleitem-se com o fato de que nunca, na história, outro disquete merecerá a honra de ter tão palavras tão rebuscadas direcionadas a ele:

Disquete do Macintosh System Tools versão 6.0, assinado em marcador permanente preto, “steve jobs”. Em boa condição, com pequenos riscos na tinta. Um formato altamente desejado para a assinatura pouco vista de Jobs — conhecido como um “autografador relutante”, ele muitas vezes recusava os pedidos de colecionadores. Como uma parte do icônico software original do Mac, e com a assinatura elegante de Jobs em minúsculas, essa é uma peça da história de computação com qualidade de museu.

Quem vai?

via Cult of Mac, 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ilustração de apps de chat

Apps (incluindo infantis) são acusados de ter “conteúdo sexual”

Próximo Artigo
Lente olho-de-peixe de 14mm da Moment

Moment lança lente olho-de-peixe de 14mm para iPhones 11 e 11 Pro

Posts Relacionados