Ilustração de malware em Mac

Ainda existe uma certa crença de que Macs são totalmente infalíveis a malwares. De fato, o sistema dos computadores da Apple é considerado, em algumas medidas, bem “mais seguro” que o Windows (quando na verdade apenas não existem tantas ameaças para Mac), mas isso não invalida a primeira afirmativa — embora ainda seja verdade que não existe nenhum vírus1 para a plataforma da Maçã.

Publicidade

Para entender como os Macs têm reagido ao número crescente de ameaças na “terra sem lei” da web (a partir dos mais diversos ataques, como phishing, spywares, adwares, etc.), a Malwarebytes Labs (desenvolvedora de um antivírus homônimo) realizou uma pesquisa envolvendo a taxa de detecção de ataques contra dispositivos macOS e Windows em 2019, conferindo um número alarmante: das 25 principais ameaças, 6 foram contra Macs.

Entre as principais ameaças, estão o adware NewTab (o qual é proliferado a partir de extensões de navegadores para modificar o conteúdo de páginas da web) e os softwares maliciosos da família PUP.PCVARK, que nada mais são do que “serviços” indesejados instalados a partir de um app principal.

Tipos de extensões NewTab

No geral, as ameaças para Mac representaram mais de 16% do total de detecções. Apesar de parecer “pouco” (perto do número de ameaças contra o Windows), é valido notar que a base de usuários de Macs também é extremamente menor que a de PCs — mais precisamente 1/12 do tamanho desta, segundo a empresa. Portanto, considerando apenas a base instalada de Macs, os 16% se tornam bastante significativos.

Outro dado analisado pela Malwarebytes traz à tona a discussão sobre a primeira afirmativa: os Macs detectaram 9,8 ameaças por dispositivo neste ano, enquanto os usuários de PCs viram 4,2 detecções por computador — menos da metade do número de alerta de Macs.

Taxa de detecção de ameaças em Macs e PCs

Segundo a Malwarebytes, no entanto, a taxa de detecção de ameaças em Macs pode estar alta por alguns fatores, entre eles o fato de que os usuários acreditam que não é necessário instalar um antivírus no macOS e, quando o fazem, o software aponta para diversos ataques e possíveis infecções. O mesmo é válido para certos donos de PCs os quais acreditam que o Windows Defender (sistema de proteção nativo do sistema operacional da Microsoft) dá conta do recado quando o assunto é proteção.

A Malwarebytes Labs concorda que a lenda de que “Macs não pegam vírus” [sic] já caiu por terra há muito tempo. Agora, a preocupação está justamente no número crescente de ameaças contra Macs que vêm sendo criadas, com os crackers se superando cada vez mais para conseguir uma fatia desse mercado. Portanto, vale a pena lembrar: todo cuidado é pouco.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…