O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple estaria desenhando sua própria antena 5G para o “iPhone 12”

Antena do iPhone 4

Ainda hoje comentamos que o “iPhone 12”, segundo o analista Ming-Chi Kuo, não terá suporte a 2×2 MIMO uplink — o que na prática significaria velocidades maiores de upload. Agora, a Fast Company veio com uma notícia exclusiva relacionada ao assunto: segundo a revista, a antena dos aparelhos 5G lançados em 2020 (ou seja, todos os modelos de “iPhone 12”) será feita pela própria Apple.

Publicidade

De acordo com a matéria, a Maçã não quer usar o módulo de antena QTM 525, da Qualcomm, pois ele não cabe no design que ela criou para o telefone. A Qualcomm fornecerá o chip de modem 5G, o Snapdragon X55, que também é usado nos novos lançamentos da Samsung (Galaxy S20, S20+ e S20 Ultra).

Ainda que o plano seja esse, a Fast Company disse também que a empresa tem — como plano de segurança — um protótipo de iPhone que utiliza tanto a antena 5G quanto o modem 5G da Qualcomm. Esse protótipo teria uma espessura maior e, por isso, só será usado se o “Plano A” for mesmo pelo ralo.

Para termos uma ideia, a Qualcomm afirma que o seu módulo de antena QTM 525 suporta designs de smartphones 5G com menos de 8 milímetros de espessura, o que nos dá uma ideia do que a Apple está planejando para o “iPhone 12”.

Publicidade

O problema são os desafios atrelados a isso. A Apple não tem uma histórico positivo quanto desenha suas próprias antenas (todos aqui devem lembrar do #antennagate). Além disso, a tecnologia 5G por si só tem seus desafios, o que dificulta ainda mais as coisas para a Maçã.

Quer um exemplo? O iPhone 5G usará uma antena phased array, com duas partes que trabalham juntas para formar um feixe de sinal de rádio. O feixe pode ser direcionado eletronicamente em diferentes direções, sem que a antena se mova. O chip do modem e o módulo da antena trabalham juntos para que isso funcione corretamente, segundo uma fonte da revista. E ter essas duas partes feitas por empresas diferentes pode não ser um bom negócio, aumentando o nível de complexidade do projeto.

Por mais que a relação da Apple com a Qualcomm agora esteja bem mais calma, a Maçã quer ter o mínimo possível de peças da fornecedora no iPhone. Ainda de acordo com a fonte da Fast Company, a companhia ainda acha que está pagando royalties demais para a Qualcomm — então, quanto menos componentes dela, melhor.

Publicidade

Por enquanto, só o tempo dirá se teremos mesmo uma antena desenhada pela Apple no “iPhone 12” — a decisão precisará ser tomada, no máximo, até o meio do ano, quando a produção em massa dos aparelhos deverá começar para valer.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhones distribuídos no cruzeiro em quarentena por conta do Coronavírus

Coronavírus: Japão distribui 2.000 iPhones para passageiros de cruzeiro em quarentena

Próximo Artigo
Jogo Sputnik Eyes

Promoções do dia na App Store: Sputnik Eyes, Night Web Browser by Alex, Markdown Pro e mais!

Posts Relacionados