O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Vendas de smartphones poderão ser as menores em 5 anos por conta do Coronavírus

Quem pode tirar alguma vantagem do cenário é a Samsung
iPhones expostos em loja da Apple
Hadrian / Shutterstock.com

Ontem, a Apple emitiu um comunicado à imprensa revisando as previsões dos seus resultados financeiros para o próximo trimestre fiscal — tudo por conta dos efeitos avassaladores do surto do Coronavírus (ou COVID-19, para os cientistas) na China. Pois, como era de se esperar, a Maçã não será a única afetada pelo desastre.

Publicidade

De acordo com a TrendForce, a indústria de smartphones como um todo sofrerá um abalo com o surto, especialmente porque a montagem dos aparelhos ainda envolve uma boa proporção de atividade humana (e não de robôs) e está concentrada particularmente em regiões chinesas.

As estimativas da firma indicam que, no primeiro trimestre de 2020, a produção de smartphones cairá 12% na comparação com o mesmo período do ano passado — com isso, teremos o menor volume de produção de aparelhos móveis em cinco anos. As vendas, portanto, acompanharão a tendência e também mostrarão uma queda significativa.

Segundo a TrendForce, os despachos de iPhones cairão 10% no trimestre, o que certamente não é boa notícia para a Apple. E a coisa fica pior: em um outro relatório, o Nikkei Asian Review estima que os impactos do surto de Coronavírus afetarão a produção dos smartphones da Maçã até abril. No momento, de acordo a firma, as fornecedoras da Apple estão operando entre 30% e 50% da capacidade, por conta do vírus.

Publicidade

Ainda nas palavras do Nikkei, o COVID-19 poderá, sim, afetar a produção do chamado “iPhone 9”:

“Os fornecedores estão fazendo de tudo para produzir e despachar o [novo] iPhone dentro de quatro semanas. O atraso não pode ser tão grande, porque poderá afetar a estratégia de vendas dos novos produtos da Apple no segundo semestre”, afirmou uma das pessoas com conhecimento direto do assunto.

O problema não se concentrará apenas nos smartphones, entretanto: de acordo com a TrendForce, o segmento de vestíveis sofrerá uma retração de 16% em relação às estimativas originais para o período. Ou seja, os efeitos são realmente notáveis.

Vantagem para a Samsung?

Em meio a todo o cenário de incerteza, quem poderá tirar alguma vantagem — de acordo com a Reuters — é a Samsung. Atualmente, quase metade dos smartphones da sul-coreana é fabricada no Vietnã, onde os efeitos do Coronavírus não são sentidos nem de perto da forma como atingiram a China. Além disso, historicamente o País da Muralha não é um dos grandes pontos de venda da Sammy.

Galaxy S20, S20+ e S20 Ultra
Galaxy S20, S20+ e S20 Ultra

Enquanto a Apple tem uma expectativa de queda de 10% no trimestre, a Samsung deverá cair apenas 3%. Além disso, vale lembrar, a sul-coreana anunciou recentemente seus flagships para 2020, o que causará uma aceleração das suas vendas nos próximos meses.

De qualquer forma, caso os efeitos do Coronavírus permaneçam por mais tempo, a Samsung também será afetada — afinal, vários dos componentes dos smartphones da empresa vêm da China, de qualquer forma. Vamos acompanhar o caso.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Propagandas de serviços da Apple no iOS

Desenvolvedor argumenta que iOS estaria se tornando "uma espécie de adware"

Próximo Artigo
The Firm

Promoções do dia na App Store: The Firm, Beat Cop, Image Crop e mais!

Posts Relacionados