O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Laurene Powell Jobs

Laurene Powell Jobs doará sua fortuna de US$28 bilhões ainda em vida

“Eu não estou interessada em construir um império de riqueza que dure por gerações”

Numa época em que se discute cada vez mais a acumulação de fortunas nababescas e o papel dos multibilionários na construção de um mundo um pouco mais igualitário, é interessante notar a tendência de alguns desses magnatas em distribuir toda a sua riqueza em iniciativas filantrópicas.

Publicidade

A Giving Pledge, por exemplo, é uma campanha criada por Bill Gates e Warren Buffett e que convida multibilionários a doar toda a sua fortuna ao longo da vida ou logo após a morte — e ela já conta com centenas de signatários, como Mark Zuckerberg, Michael Bloomberg, Elon Musk, George Lucas e Larry Ellison. Agora, Laurene Powell Jobs — a viúva de Steve Jobs — está dando um passo adiante.

Em entrevista ao New York Times, Powell Jobs afirmou que doará a totalidade da sua fortuna, estimada em US$28 bilhões, ainda durante a vida ou, no máximo, pouco após a sua morte. Ela afirmou que, assim como Steve, não tem nenhum interesse em “construir um império que dure gerações” — como era muito comum na geração anterior de bilionários americanos, como nas famílias Rockefeller e Ford. E seus filhos estão cientes disso.

Eu herdei minha riqueza do meu marido, que não ligava para a acumulação de fortunas. Eu não estou interessada em construir um império de riqueza que dure por gerações, e meus filhos sabem disso. Se eu viver o suficiente, essa fortuna será finalizada por mim.

Powell Jobs falou ainda sobre os efeitos da acumulação extrema de riqueza por poucos indivíduos — fenômeno que ela considera perigoso:

Publicidade

Não é correto que indivíduos acumulem uma quantidade gigantesca de dinheiro, equivalente a milhões e milhões de outras pessoas juntas. Não há nada de justo nisso. Nós vimos coisas parecidas nas viradas do século XIX e XX, com os Rockefellers, os Carnegies, os Mellons e os Fords do mundo. Esse tipo de acumulação de riqueza é perigosa para a sociedade como um todo. Não deveria ser desta forma.

Powell Jobs não compartilhou detalhes sobre o processo de distribuição da sua riqueza, mas obviamente o trabalho ficará a cargo da Emerson Collective, organização filantrópica fundada por ela em 2004 e focada na mudança social por meio da educação, da saúde, dos direitos para imigrantes e da preservação do meio ambiente. O projeto, inclusive, já é um dos maiores do mundo na área da filantropia — e deverá crescer ainda mais nos próximos anos, após as declarações de Laurene.

via Vox

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Hacker

Vulnerabilidade já corrigida permitia invasão de dispositivos Wi-Fi, incluindo os da Apple

Próximo Artigo
Comercial japonês da Apple

Comercial japonês da Apple mostra personagens de animes usando Macs

Posts Relacionados