O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple Watch
Natee Meepian / Shutterstock.com

Rumor: Apple Watch poderá medir nível de oxigênio no sangue

Você curte bastante o Apple Watch, mas ficou desanimado com as novidades trazidas pelo Series 5? Então, quem sabe, esses possíveis rumores lhe deixem mais animados!

Publicidade

Oxímetro

De acordo com o 9to5Mac, a Apple está desenvolvendo um recurso para detectar os níveis de oxigênio no sangue.

Por que isso é importante? Quando uma pessoa está com os níveis de oxigênio no sangue abaixo de 80% (o considerado saudável é entre 95% e 100%), isso pode comprometer funcionalidades do coração e do cérebro. O risco de parada respiratória ou cardíaca, por exemplo, é comum após uma saturação baixa de oxigênio no sangue por um período de tempo prolongado.

No Apple Watch, esse recurso funcionaria em forma de notificação: quando o relógio detectar que a saturação de oxigênio no sangue está abaixo de um limite determinado, o usuário será devidamente alertado — como acontece hoje quando uma pessoa tem o ritmo cardíaco muito baixo (ou muito elevado).

Publicidade

Vale notar que, desde o primeiro Apple Watch, a iFixit (firma de reparo que se especializou em desmontar produtos para avaliar a rua “reparabildiade”) afirma que o monitor cardíaco do Watch funciona como um oxímetro de pulso. Isso quer dizer que, na teoria, o relógio original da Apple já teria condições de medir o nível de oxigenação do sangue.

Até por isso, o 9to5Mac afirmou não saber se a Apple implementará um novo hardware (nesse caso, por exemplo, atrelar o recurso a um novo modelo do relógio) ou se tudo será feito apenas via software (sendo uma das novidades do watchOS 6 — ou mais provavelmente da versão 7).

Vale notar que a concorrência também já oferece esse recurso, como o Ionic, o Versa e o Charge 3 (todos produtos da Fitbit, recentemente adquirida pelo Google)

ECG melhorado

O site também afirmou que a Apple está trabalhando para corrigir um “problema” do ECG, lançado junto ao Apple Watch Series 4. Atualmente, tanto no Series 4 quanto no 5, você tem leituras inconclusivas do eletrocardiograma se a sua frequência cardíaca estiver entre 100 e 120 batimentos por minuto.

No futuro — não se sabe se via atualização de software ou com um novo hardware —, essa limitação será removida.

Monitoramento de sono

Não podemos esquecer que o atual hardware do Apple Watch já é capaz de fazer o monitoramento do sono — não é à toa que existem dezenas de aplicativos na App Store do relógio focados nisso. Ainda assim, a Apple não oferece o recurso de forma nativa.

Antes do lançamento do Series 5, pintaram rumores afirmando que tal recurso seria lançado pela Apple junto a um novo app nativo chamado Sleep (Sono). Ou seja, estamos falando de mais uma possível novidade que poderia ser implementada no Apple Watch com uma simples atualização do watchOS — mas que provavelmente a empresa atrelará a um novo hardware com desempenho de bateria mais satisfatório.


Pois então, que venha o “Apple Watch Series 6” e o watchOS 7!


Apple Watch Series 5

Apple Watch Series 5

de Apple

Preço à vista: a partir de R$ 3.599,10
Preço parcelado: em até 12x de R$ 333,25
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Materiais: alumínio, aço inoxidável, titânio ou cerâmica
Características: GPS ou GPS + Cellular
Cores: diversas
Lançamento: setembro de 2019

Botão - Comprar agora

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Sede da Apple em Cupertino

Tim Cook permite que empregados da Apple trabalhem de casa esta semana

Próximo Artigo
Dia Internacional da Mulher no Apple.com

Playlist criada por Lady Gaga celebra o Dia Internacional da Mulher no Apple Music; confira mais homenagens da Maçã

Posts Relacionados