O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple TV+: trailer de “Beastie Boys Story”; nova série com Uma Thurman; gravações interrompidas

As notícias de entretenimento do mundo Apple não param!

Mais um dia, mais uma leva de notícias sobre o Apple TV+! Pois, sem delongas, vamos a elas.

Publicidade

“Beastie Boys Story”

Já falamos aqui de “Beastie Boys Story”, documentário sobre o famoso grupo de hip hop americano que foi adquirido pela Apple e será exibido nos cinemas antes de chegar ao Apple TV+. Pois a Maçã resolveu agora liberar o material de divulgação do filme, com um pôster e um trailer novinhos em folha.

Confiram, primeiro, o pôster:

E, aqui, o trailer do documentário:

Para quem não está a par, trata-se de uma produção dirigida por Spike Jonze, cineasta vencedor do Oscar por “Her” — e que, no ano passado, dirigiu o já célebre comercial do HomePod estrelando a cantora FKA Twigs. O filme, co-escrito por Jonze em parceria com Mike Diamond e Adam Horowitz (ex-integrantes da banda), traz a história do grupo e serve como uma homenagem ao 26º aniversário do álbum mais famoso dos Beastie Boys, “Ill Communication”.

“Beastie Boys Story” será exibido em cinemas IMAX selecionados a partir do dia 2 de abril e já há, inclusive, uma página especial para venda de ingressos; infelizmente, as sessões limitam-se a algumas cidades dos Estados Unidos. De qualquer forma, o documentário poderá ser assistido no Apple TV+ algumas semanas depois, a partir do dia 24/4.

“Suspicion”

Enquanto isso, a Maçã continua atraindo estrelas para o seu time. A contratação mais recente é a de Uma Thurman (“Kill Bill”) — ela estrelará uma nova série, chamada “Suspicion”.

A série, adaptada da produção israelense “False Flag”, gira em torno do sequestro do filho de uma célebre empresária dos EUA, interpretada por Thurman; o caso logo viraliza pelo mundo, enquanto quatro cidadãos britânicos hospedados no mesmo hotel onde aconteceu o crime tornam-se os principais suspeitos.

Além de Thurman, a série contará com os talentos de Kunal Nayyar, Noah Emmerich, Georgina Campbell, Elyes Gabel, Elizabeth Henstridge e Angel Coulby; Rob Williams será o showrunner e produtor executivo, enquanto Chris Long dirigirá os episódios. Ainda não há informações sobre gravações ou data de estreia, mas ficaremos de olho.

Gravações de séries interrompidas

Por fim, o Deadline informou que as gravações da segunda temporada de “The Morning Show” foram suspensas por duas semanas — tudo, claro, como medida de precaução para evitar o alastramento (ainda maior, isto é) do Coronavírus (COVID-19).

Pôster de "The Morning Show"

A decisão foi tomada pela Media Res, principal produtora da série. O CEO1 do estúdio, Michael Ellenberg, declarou o seguinte:

Em conjunto aos nossos parceiros dedicados na Apple, concluímos que seria prudente fazer um hiato de duas semanas para avaliar a situação e garantir a segurança das pessoas incríveis que fazem a série.

Ainda não se sabe se a interrupção durará somente as duas semanas previstas ou se alongará por mais tempo; também não há como prever, ainda, se a estreia da segunda temporada de “The Morning Show” será afetada pela decisão — anteriormente, a expectativa era de que ela estreasse no fim de 2020, mas teremos de aguardar por novidades nesse sentido.

Publicidade

Já na Irlanda, como também noticiou o Deadline, a Apple decidiu também interromper as gravações do seriado de ficção científica “Foundation”, que estrelará Lee Pace e Jared Harris.

Ilustração de "Foundation"

A Skydance, junto à Apple, decidiram tomar a decisão de suspender temporariamente as filmagens de “Foundation”. A saúde e segurança do nosso elenco e da nossa equipe são prioridades máximas e estamos monitorando a situação de perto.

A previsão atual é de que a série estreie no outono do hemisfério norte (nossa primavera), mas esses planos poderão ser obviamente adiados.

via iClarified, MacRumors, 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Novas sessões do Today at Apple

Sessões do "Today at Apple" são suspensas nos Estados Unidos e no Canadá, enquanto todas as lojas da China são reabertas

Próximo Artigo
Paris

França multará Apple de novo, agora por práticas anticompetitivas

Posts Relacionados