O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Ações com tendência de queda
Shutterstock.com

Ações da Apple já perderam quase um terço do seu valor desde o pico em 12 de fevereiro

Empresa volta a valer menos de US$1 trilhão

No último dia 12 de fevereiro, há apenas um mês e meio, atualizamos uma matéria com um novo pico histórico registrado pelas ações da Apple. Naquele dia, a $AAPL fechou valendo US$327,20 — levando o valor de mercado da companhia para US$1,423 trilhão.

Publicidade

Nos dias subsequentes a isso, houve algumas oscilações normais, mas foi a partir de 24 de fevereiro que elas começaram a sentir fortemente os efeitos negativos do Coronavírus (COVID-19).

Hoje, 23 de março, a $AAPL caiu mais 2,12% e fechou o dia cotada a US$224,37. Com isso, pela primeira vez em muito tempo, a Apple vale agora menos de US$1 trilhão (mais especificamente, US$981,7 bilhões) — basicamente voltando ao patamar em que ela estava há uns seis meses.

Neste momento, a Microsoft é a empresa mais valiosa listada na NASDAQ, com US$1,034 trilhão. Logo atrás da Apple temos a Amazon (US$947,2 bilhões), e bem distante está a Alphabet/Google (US$724,2 bilhões).

Publicidade

O índice S&P 500, como um todo, basicamente já perdeu tudo o que ganhou desde que Donald Trump assumiu a presidência dos Estados Unidos:

Obviamente, para investidores, não deixa de ser um momento oportuno de comprar papéis de todas essas gigantes. Mas é impossível afirmar, por ora, quanto tempo levará para todas elas se recuperarem desse tombo. Podem ser meses, podem ser anos.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Desenvolvedor

App Store chegará a mais 20 países neste ano [atualizado: lista]

Próximo Artigo
Apple Watch no pulso de uma mulher

Governo dos EUA concede isenção de tarifas para o Apple Watch

Posts Relacionados