O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple Watch no pulso de uma mulher
NBC News

Governo dos EUA concede isenção de tarifas para o Apple Watch

Aos poucos, a Maçã vai desatando o nó criado pela guerra comercial entre os Estados Unidos e a China

Quem acompanhou as notícias da Apple ao longo de 2019 certamente soube do imbróglio em que a Maçã se meteu em meio à guerra comercial dos Estados Unidos com a China. Depois de um “taxa não taxa” incessante ao longo do ano, ficou acordado que a empresa teria isenção das tarifas de importação em vários dos seus produtos mais importantes, como o iPhone.

Publicidade

Por outro lado, alguns outros, como o Apple Watch, não tinham escapado das novas taxas de importação (isto é, impostos cobrados pelos EUA para trazer os produtos fabricados na China e vendê-los localmente). A Apple, então, foi rápida no gatilho e pediu isenção também dessas taxas — e só agora obteve sucesso, como informou a Bloomberg.

De acordo com a reportagem, o Escritório do Representante Comercial dos EUA aprovou, na última sexta-feira (20/3), o pedido da Apple para isentar o seu relógio inteligente das novas tarifas de importação de 15% implementadas pelo governo Trump.

Na época do anúncio das novas taxas, o governo dos EUA afirmou que isentaria dos impostos produtos “importantes estrategicamente” ou em casos nos quais as tarifas “causassem dano econômico severo” à fabricante e à economia americana. Pois a base argumentativa da Apple para fazer o pedido foi exatamente essa: a empresa afirmou que não conseguiria encontrar um fornecedor fora da China capaz de satisfazer sua demanda por Watches, o que comprometeria seu desempenho no mercado.

A Maçã afirmou, também, que o Apple Watch não é importante, estrategicamente falando, para o programa Made in China 2025 — iniciativa anunciada há alguns anos pelo governo chinês que pretende transformar a imagem do país de “fábrica do mundo” para uma potência tecnológica global, com iniciativas científicas pioneiras.

Ainda não há informações se a Apple fez o pedido de isenção para outros produtos — linhas importantes para a empresa, como os AirPods, continuam sujeitas às novas taxas de importação do governo dos EUA. Para isso, portanto, teremos de aguardar mais tempo.


Apple Watch Series 5

Apple Watch Series 5

de Apple

Preço à vista: a partir de R$ 3.599,10
Preço parcelado: em até 12x de R$ 333,25
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Materiais: alumínio, aço inoxidável, titânio ou cerâmica
Características: GPS ou GPS + Cellular
Cores: diversas
Lançamento: setembro de 2019

Botão - Comprar agora

via iMore

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ações com tendência de queda

Ações da Apple já perderam quase um terço do seu valor desde o pico em 12 de fevereiro

Próximo Artigo

Coronavírus: vídeo mostra o Apple Park em quarentena

Posts Relacionados