Vendas de Macs teriam despencado 21% no primeiro trimestre de 2020 [atualizado: ou só 6,2%?]

A firma de pesquisas Canalys divulgou na última sexta-feira suas estimativas de vendas do mercado de PCs no primeiro trimestre de 2020, já levando em conta o impacto inicial do Coronavírus (COVID-19) tanto na cadeia de produção quanto na demanda mundial.

Publicidade

Globalmente, o mercado registrou uma retração anual de 8% — a maior desde o primeiro trimestre de 2016, quando os números caíram 12%.

Todavia, analisando os números estimados por cada fabricante, a coisa fica bastante feia para a Apple.

Com exceção da Dell, todas as fabricantes registraram quedas em seus números, mas a maior foi a da Maçã: 21%, segundo a Canalys, reduzindo também o seu market share mundial de 7% para 6%.

De acordo com a Canalys, foram vendidos 53,7 milhões de computadores em todo o mundo de janeiro a março, contra 58,3 milhões no mesmo período de 2019. As vendas de Macs, especificamente, teriam caído de 4 para 3,2 milhões. A líder no segmento foi a Lenovo, com 12,8 milhões de vendas (contra 13,4 milhões há um ano).

Apesar da retração mundial e de fábricas fechadas na China, bem como dificuldades de logística, houve também uma demanda inesperada por portáteis destinados a uso em ambientes de home office — provavelmente onde a Dell se deu bem.

Publicidade

A Canalys estima que o restante do ano ainda deverá ser severamente impactado pela pandemia, principalmente considerando que consumidores controlarão mais gastos com eletrônicos e afins.

via iClarified

Atualização 13/04/2020 às 19:00

Hoje, foi a vez de outras duas firmas de pesquisa divulgarem seus números sobre o mercado mundial de PCs no primeiro trimestre de 2020.

Publicidade

A IDC trouxe dados no geral bem similares aos da Canalys, mas colocou a Acer à frente da Apple em market share — 6,3% contra 5,8%, respectivamente. Ela estima que foram vendidos 20,7% menos Macs em um ano, caindo de 3,9 para 3,1 milhões.

Por outro lado, os números da Gartner traçam um cenário bem diferente — mais otimista pro lado da Apple. Ela acredita que a retração nas vendas de Macs teria sido de apenas 6,2%, caindo de 3,8 para 3,5 milhões de unidades comercializadas. A Maçã estaria em quarto lugar global, com uma fatia de 6,9%.

Publicidade

A Apple não divulga mais dados oficiais de unidades vendidas, mas no próximo dia 30 revelará qual foi a receita trimestral com a venda de Macs e aí, quem sabe, dê para termos uma noção de qual firma fez a melhor estimativa.

via Apple World Today

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…