O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Qualidade de webcams

Análise mostra que webcams de laptops pararam no tempo

Com a pandemia do Coronavírus (COVID-19), muitas pessoas que têm essa possibilidade passaram a trabalhar de casa. Some isso ao fato do isolamento social, forçando parentes a se comunicarem de forma virtual, e o uso de serviços de videoconferência simplesmente explodiu nas últimas semanas.

Publicidade

Com esse cenário construído, câmeras frontais de celulares/tablets e as webcams de computadores foram colocadas à prova. A verdade é que, no mundo dos smartphones e dos tablets, não há muito com o que se preocupar: a maioria desses dispositivos conta com ótimas câmeras que dão conta do recado facilmente, nos presenteando com imagens bonitas, com boa resolução.

Mas quando mudamos para computadores, especialmente notebooks, a coisa muda por completo. Veja, por exemplo, os últimos lançamentos da Apple. Tanto o MacBook Pro de 16″ quanto o MacBook Air (os mais novos notebooks da Maçã que chegaram ao mercado) contam com câmeras FaceTime HD de 720p.

É claro que a tecnologia em si mudou bastante nos últimos anos (digo, na construção e nos elementos dessas câmeras em si), mas para termos uma ideia, a câmera FaceTime HD de 720p estreou na linha de Macs em 2012 — sim, há oito anos temos basicamente a mesma câmera equipando os notebooks da Apple. 🤷🏻‍♂️

Publicidade

Por quê? Uma boa “desculpa” das fabricantes é que o espaço para implementar uma câmera boa na “tampa” de um notebook é muito menor do que a espessura de um smartphone. Fora isso, uma câmera de um portátil desses dificilmente serve para algo além de reuniões virtuais, algo que realmente não exige uma qualidade de tirar o chapéu.

Mas a pandemia que viemos hoje, sem dúvida, mudou um pouco esse cenário a ponto de a jornalista Joanna Stern (do Wall Street Journal) trazer o tema à tona, comparando algumas opções de notebooks disponíveis no mercado.

Por conta do Coronavírus, muita gente teve que comprar computadores para trabalhar em casa; além disso, webcams estão simplesmente desaparecendo (e os preços subindo) justamente por conta dessa demanda de videoconferência que surgiu do nada.

Uma pena que as webcams dos notebooks — e isso não é algo restrito à Apple ou a alguma outra fabricante — tenham simplesmente parado no tempo. Resta saber se isso é mesmo uma limitação técnica ou, com esse novo cenário mundial, os próximos lançamentos no mercado de PCs trarão mudanças positivas nesse sentido.

via The Loop

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícones do FaceTime e do Mensagens

Apple rebate acusação da VoIP-Pal sobre infração de patente no FaceTime

Próximo Artigo
Jay, cliente do Twitter para Apple Watch

Jay é um cliente do Twitter para Apple Watch com suporte a DMs e lista de leitura

Posts Relacionados