O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Novo iPhone SE

O que muda no novo iPhone SE em relação ao antigo, ao 8 e ao XR

Em alguns pontos, os mais velhos até superam os mais novos

Depois de semanas de espera e algumas previsões não concretizadas, finalmente aconteceu: o novo iPhone SE finalmente está entre nós, com seu corpinho de iPhone 8 e especificações internas de iPhone 11.

Publicidade

A frase acima já dá uma boa ideia do que os compradores poderão esperar do novo aparelho, mas não contam, obviamente, a história toda. E é exatamente para isso que estamos aqui: comparar o novo smartphone de “baixo custo” da Apple com os seus antecessores de corpo e alma — o iPhone SE original e o iPhone 8.

Também juntamos no comparativo o iPhone XR, que, apesar de ser um aparelho diferente em quase todos os sentidos, também pode ser uma alternativa interessante para quem pretende comprar o novo SE — os preços sugeridos de ambos, afinal, diferem em “apenas” R$600 nos modelos de entrada (e o XR aparece em promoção com boa frequência, vale notar).

Vamos, então, fazer um giro pelas principais características do novo smartphone e compará-las às dos seus semelhantes imediatos.

Tela

O novo SE é o último bastião da Apple com tela retangular: assim como o iPhone 8, ele conta com um painel LCD1 de 4,7 polegadas de 1334×750 pixels, suficiente para uma densidade Retina de 326 pontos por polegada. Ao contrário do 8, entretanto, o novo SE não conta com 3D Touch — a tecnologia parece mesmo ter sido morta pela Apple e substituída pelo toque longo (Haptic Touch).

iPhones XR (preto e vermelho)
iPhone XR

Em relação ao SE antigo e ao XR, as diferenças são mais claras. O novo SE está no meio do caminho entre eles: enquanto o SE original tinha tela de apenas 4″, o XR já pula a contagem para 6,1″ e traz o design com recorte, sem botão de início. Os três também têm características em comum, entretanto: todos têm painéis LCD e nenhum deles conta com 3D Touch.

Como já deu para perceber, a Apple não lançou um “iPhone SE Plus” (com tela de 5,5″) — ou seja, temos apenas um sucessor do iPhone 8, nenhum do iPhone 8 Plus.

Design e tamanho

O iPhone SE original é, de longe, o menor do grupo, com seu design semelhante ao do iPhone 5/5s: ele tem 12,3cm de altura, 5,8cm de largura e 7,6mm de espessura, pesando apenas 113 gramas.

Família do iPhone SE
iPhone SE original

O novo SE e o iPhone 8 são, obviamente, idênticos. Eles têm 13,8cm de altura, 6,7cm de largura e 7,3mm de espessura (ligeiramente mais finos que o SE antigo), pesando 148 gramas.

O iPhone XR, em comparação com a turma, é um gigante: ele tem 15cm de altura, 7,5cm de largura, 8,3mm de espessura e pesa 194 gramas.

Publicidade

O novo iPhone SE será vendido nas cores preta, branca ou vermelha — esta, parte da campanha (PRODUCT)RED —, enquanto o antigo tinha mais variações: cinza espacial, prateada, dourada e ouro rosa. Os iPhones 8/8 Plus, quando lançados, eram vendidos nas cores cinza espacial, prateada e dourada.

Processador

O novo SE é o vencedor aqui: ele já vem equipado com o chip A13 Bionic, o mesmo que mora nos corações dos iPhones 11 e 11 Pro [Max]. O iPhone XR vem logo em seguida, com o chip A12 Bionic (seu antecessor imediato, portanto).

O iPhone 8 e o SE original, por outro lado, ficam mais para trás: o primeiro conta com chip A11 (com arquitetura de 10 nanômetros, contra 7nm dos mais novos), enquanto o segundo é equipado com processador A9 (de 14nm). Segundo a Apple, o novo SE é 1,4x mais rápido que o iPhone 8 e até 2,4x mais rápido que o SE antigo.

RAM

Como de costume, a Apple não divulgou a quantidade de RAM2 no novo SE — essa é uma informação que obteremos somente com o primeiro desmonte do aparelho. Se a lógica se mantiver, entretanto, o smartphone certamente virá com 3GB ou 4GB de memória; o iPhone XR conta com 3GB, enquanto o iPhone 8 e o SE antigo vêm com 2GB.

Armazenamento

O novo SE tem opções de 64GB, 128GB ou 256GB de armazenamento, da mesmíssima forma que os iPhones XR e 8 quando eles foram lançados (atualmente, a Apple descontinuou a versão de 256GB do XR). Já o SE original ia de 16GB (sim, eram outros tempos) até 128GB.

Câmeras

Em uma época de duas, três, quatro ou mais câmeras na traseira dos smartphones, é até refrescante dizer que os quatro aparelhos aqui comparados contam com apenas um sensor traseiro. Todos eles têm câmeras de 12MP com lente grande-angular, mas as aberturas variam: f/2.2 no iPhone SE antigo, e f/1.8 nos outros três modelos. O SE original também não conta com estabilização óptica de imagem, ao contrário dos demais.

Novo iPhone SE

Apenas o iPhone XR e o novo SE trazem o Modo Retrato, capaz de aplicar o efeito bokeh com controle de profundidade nas fotos (mas só em pessoas); ambos também trazem o modo Iluminação de Retrato com alguns efeitos de iluminação profissional — a diferença é que o novo SE tem seis efeitos, enquanto o XR traz apenas três.

O HDR3 também muda: no novo SE, temos a nova geração do HDR Inteligente, enquanto o XR tem a primeira geração dessa tecnologia. O iPhone 8 tem HDR automático (porém não inteligente), enquanto o SE original traz HDR manual — daqueles que você precisa ativar por conta própria para utilizar.

Vale notar que nenhum dos aparelhos, nem o novo SE, conta com o Modo Noite dos iPhones 11. Você ainda poderá tirar fotos no escuro, mas certamente elas não contarão com aquele processamento especial para ficarem mais nítidas e apresentáveis.

Em termos de câmera frontal, apenas o iPhone SE original fica para trás com seu sensor de parcos 1,2MP; todos os outros três aparelhos contam com câmeras de 7MP. Por outro lado, apenas o novo SE e o XR contam com o Modo Retrato e o Iluminação de Retrato na câmera frontal.

Ah, e caso seja do seu interesse, dos quatro aparelhos, apenas o iPhone XR traz suporte aos Animojis e Memojis — isso porque ele é o único com a câmera TrueDepth, que “escaneia” o rosto do usuário e também é responsável pelo Face ID (mais sobre isso a seguir).

Vídeo

Todos os aparelhos são capazes de gravar vídeo 4K, mas o SE antigo limita-se a 30 quadros por segundo — os outros três modelos oferecem também as opções de 24qps ou 60qps. A gravação em 1080p é igual nos quatro (30qps ou 60qps), e todos oferecem zoom digital de até 3x.

Os quatro smartphones são capazes de fazer capturas em câmera lenta na resolução 1080p, mas o iPhone 8 e o SE antigo limitam-se a 120qps (para chegar a 240qps, é necessário reduzir a resolução para 720p); no novo SE e no XR, é possível gravar a 240qps em Full HD.

Apenas o novo SE e o iPhone XR contam com gravação de áudio em estéreo, e só o novo SE traz o modo QuickTake para capturar vídeos rapidamente (falamos mais sobre ele aqui).

Bateria

Aqui, o claro campeão é o iPhone XR, com bateria de 2.942mAh. A Apple não divulgou a capacidade da bateria do novo SE — outra informação que aparecerá assim que o aparelho chegar ao mercado e for devidamente desmontado —, mas afirma que ele traz a mesma duração do iPhone 8, que tem uma célula de 1.821mAh. Já o SE original vem com uma bateria de 1.624mAh.

As opções e velocidades de carregamento também variam entre os aparelhos. O iPhone SE original não tem nenhuma tecnologia de carregamento rápido; o 8 e o XR podem ser recarregados a 15W e o novo SE, a até 18W. Nos três casos, a Apple afirma que a bateria dos aparelhos pode chegar a 50% de carga em apenas 30 minutos na tomada; por outro lado, nenhum deles vem com o carregador rápido — você precisará usar um outro adaptador de energia, como aquele que vem com o iPhone 11 Pro [Max].

Dos quatro aparelhos, apenas o SE original não suporta carregamento sem fio; todos os outros três podem ser repousados em carregadores wireless para ter sua bateria completada.

Conexões

Apenas o novo iPhone SE já vem com suporte a redes Wi-Fi 6 (aka IEEE 802.11ax), com suporte a velocidades muito maiores (que dependerão do seu plano de internet e do seu roteador, é claro). Em termos de Bluetooth, todos suportam a versão 5.0 do protocolo — exceto o SE original, que ficou na versão 4.2. Nenhum dos aparelhos traz suporte ao 5G, como era de se imaginar, mas o novo SE ganha suporte a Gigabit LTE com MIMO 2×2.

Em termos de conexões físicas, apenas o iPhone SE original traz saída de 3,5mm para fones de ouvido — ele é, afinal, o único dos aparelhos lançado pela Maçã antes de a empresa resolver matar o ubíquo conector. Por conta disso, o SE antigo traz, na caixa, EarPods com plugue tradicional; os demais modelos vêm com os fones de ouvido com conexão Lightning.

Dual SIM

iPhone XS Max com Dual SIM no Brasil

Apenas o novo iPhone SE e o XR contam com suporte à tecnologia Dual SIM — que, no caso da Apple (exceto na China), sempre acontece por meio de um Nano-SIM físico e um eSIM virtual. O SE antigo e o iPhone 8 trazem suporte a apenas um chip (também Nano-SIM).

Biometria

Por conta do design diferente, sem botão de início, apenas o iPhone XR traz o Face ID, para autenticação por meio de reconhecimento facial.

Os três outros aparelhos trazem o Touch ID, autenticado por meio da sua impressão digital; a diferença é que o novo SE e o iPhone 8 vêm com a segunda geração da tecnologia, que é consideravelmente mais rápida.

Resistência à água

Apenas o SE original não conta com qualquer proteção a líquidos. Os demais aparelhos têm certificado IP67 e podem ficar submersos em até 1 metro de água doce por, no máximo, 30 minutos.

Preço

Aqui, cabe a comparação entre o novo iPhone SE e o XR, que são os aparelhos atualmente no catálogo da Apple. Obviamente, você ainda pode encontrar o iPhone 8 e o SE original à venda em revendedoras, por preços significativamente mais baixos que os dos dois aparelhos mais recentes, mas como esses valores não são tabelados, não é possível traçar uma comparação concreta.

Enfim, aos números:

Novo iPhone SE

  • 64GB: R$3.700
  • 128GB: R$4.000
  • 256GB: R$4.500

iPhone XR

  • 64GB: R$4.300
  • 128GB: R$4.600

Vale notar que esses valores do iPhone XR são os oficiais da Apple; por ser um aparelho lançado já há mais de um ano e meio, é possível encontrá-lo mais barato em revendedoras autorizadas — apenas como exemplo, no momento da escrita desse artigo, a Fast Shop vende o modelo de 64GB por R$3.200 à vista no boleto bancário. Ou seja, a escolha é menos simples do que se pensa.


Agora que cobrimos basicamente todas as diferenças entre os aparelhos, queremos saber a sua opinião: qual o melhor custo/benefício dos quatro? Quem vai preferir manter o modelo antigo nas mãos e quem vai investir no novo SE?

Deixem suas impressões logo abaixo.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Baixe agora os wallpapers do novo iPhone SE!

Próximo Artigo
Novo Mac Pro por dentro

Mac Pro agora pode ser configurado com placa gráfica AMD Radeon Pro W5700X

Posts Relacionados